Home Portal Notícias Boletim 477 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 477 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

6 min read
0

Boletim 477 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 11/6/2019 – 431 dias de resistência – 20h10

 

  1. Os partidos de oposição defenderam a instalação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar a conduta do ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e de procuradores do Ministério Público Federal em Curitiba, dentre eles Deltan Dallagnol, com base nas graves denúncias divulgadas no último fim de semana. O site The Intercept Brasil revelou conversas criminosas entre Moro e procuradores da República, indicando, entre outras graves infrações, a manipulação do processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tirá-lo das eleições presidenciais de 2018.

 

  1. O documento, assinado por PT, PCdoB, PDT, PSB, PSOL e PCB, destaca que “a democracia está ameaçada” e que “a simples dúvida sobre a atuação idônea de membros da magistratura e do Ministério Público é prejudicial às instituições”. Diante das denúncias, os partidos exigem “imediato afastamento” de Moro do cargo de ministro da Justiça, bem como dos procuradores da República que atuam na força tarefa da Lava Jato e estão envolvidos na ação criminosa. Os partidos consideram essa medida como “de fundamental importância para assegurar o bom andamento das investigações”. Leia a íntegra: https://pt.org.br/nota-dos-partidos-cpmi-para-investigar-as-denuncias-sobre-lava-jato-em-curitiba/

 

  1. Após visita a Lula nesta terça-feira (11), Fernando Haddad ressaltou que o ex-presidente está firme no propósito de provar sua inocência. O professor e ex-ministro reafirmou que Lula “tem a consciência tranquila de que nunca pretendeu vantagem e que exerceu o cargo de Presidente com lisura, sempre pensando no povo brasileiro”. Haddad destacou que Lula foi o presidente da República que mais fortaleceu as instituições para o combate à corrupção e que as notícias sobre o caráter político da Operação Lava Jato só ratificam que ele não cometeu nenhum crime. Leia mais: https://pt.org.br/haddad-lula-esta-convicto-que-sua-inocencia-sera-provada/

 

  1. O ministro de Justiça do gabinete de oposição no Reino Unido, Ricard Burgon, comentou as denúncias contra Moro e procuradores do MPF e concluiu que Lula é um preso político que deve ser libertado. “Revelações inacreditáveis do The Intercept sobre como um Judiciário politizado foi usado para prender o ex-presidente Lula, que tanto fez para combater a pobreza. Lula é um prisioneiro político, preso para impedir que fosse reeleito. Ele deve ser libertado”, destacou o ministro. Leia mais: https://pt.org.br/lula-e-preso-politico-diz-ministro-de-oposicao-do-reino-unido/

 

  1. Nesta terça-feira (11), na Vigília Lula Livre, o costumeiro “Bom Dia, Presidente” destacou a resistência contra a perseguição jurídica ao ex-presidente Lula, mantido como preso político desde o dia 7 de abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba. Na Vigília, também foram exibidos os filmes “Empate” e “Bimi Shu Ikaya”. O primeiro é um documentário sobre a resistência dos seringueiros no Acre nas décadas de 70 e 80. O segundo narra a história de uma mulher indígena que enfrentou o patriarcado para empoderar mulheres de sua aldeia. Assista: http://bit.ly/2wPifzc

 

Boletim 477 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 11/6/2019 – 431 dias de resistência – 20h10

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Crescimento de violações aos direitos humanos é destaque em sessão solene na Câmara

Representantes da sociedade civil e do Ministério Público lamentaram, nesta sexta-feira (6…