Home Portal Notícias #30M – Bancada do PT estará nas ruas contra os cortes na educação e os retrocessos de Bolsonaro

#30M – Bancada do PT estará nas ruas contra os cortes na educação e os retrocessos de Bolsonaro

7 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT destacaram em plenário nesta quinta-feira (29) que amanhã, 30 de maio, é dia de grandes manifestações de norte a sul do Brasil, em defesa da educação de qualidade pública, das universidades e também da democracia. “Como sempre, a manifestação do povo em defesa dos seus direitos é nas ruas”, frisou o deputado Rui Falcão (PT-SP).

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) explicou que amanhã a mobilização nacional é com a juventude brasileira, com estudantes, com educadores, com professores e professoras. “E eu já faço uma homenagem a todas essas pessoas que defendem o Brasil hoje de um futuro sem ciência, sem educação, sem tecnologia”, disse a deputada. Ela alertou que, sem uma aliança que deve haver entre educação básica e ensino superior, nós não temos condições de nos desenvolver como Nação e garantir direitos. “Por isso, eu estarei com os estudantes e os colegas professores nas ruas”, assegurou.

“O Brasil todo vai para as ruas contra esse desgoverno que não quer que filho de pobre estude, que quer acabar com a universidade pública e gratuita. Enquanto isso, a irmã de Paulo Guedes (ministro da Economia), que é vice-presidente da Associação das Universidades Privadas, está rodando por aí, querendo privatizar o ensino superior”, denunciou o deputado Célio Moura (PT-TO). Portanto, continuou o deputado, “nós conclamamos todos os estudantes do Brasil, professores, pais, todas as pessoas envolvidas na educação, que venham para a rua amanhã. Amanhã vai ser diferente, vai ser maior. Vamos às ruas, Brasil!”, pediu.

O deputado Padre João (PT-MG) destacou a importância dos estudantes, da comunidade acadêmica e dos trabalhadores estarem nas ruas amanhã. “A aula, neste dia 30, tem que ser na rua. O tempo de trabalho tem que ser na rua. Você não estará perdendo tempo, pelo contrário, você estará investindo na sua vida, porque nós não podemos permitir esse desmonte da política na educação. Ela é muito importante. Vamos para as ruas! Todas as trabalhadoras e os trabalhadores do campo e da cidade darão um basta a esse desmonte, a esse ataque à educação, a esse grande ataque às políticas públicas”, afirmou.

E o deputado Marcon (PT-RS) informou que amanhã, no final da tarde, estará nas manifestações que acontecerão no seu estado, em defesa da educação pública, em defesa da universidade federal e das escolas técnicas federais. “As crianças, os alunos, os jovens estarão juntos com os pais, defendendo a educação pública. Lugar das crianças é na escola, é correto, e é preciso que o Bolsonaro apoie a educação pública de qualidade”, argumentou.

O deputado Frei Anastácio (PT-PB) disse que também se somará às manifestações em João Pessoa. “Estarei junto com centenas de agricultores rurais, assentados da reforma agrária, universidades, para fazermos um grande ato em defesa da educação, em defesa da reforma agrária, em defesa de uma agricultura familiar saudável”. O deputado ainda acrescentou que o povo vai estar nas ruas para dizer que não estão satisfeitos com este governo que aí está, “com este governo que tira direito dos trabalhadores e trabalhadoras”.

O deputado Vicentinho (PT-SP) também convocou estudantes, comunidade acadêmica, trabalhadores e todos que defendem a educação pública e a democracia para se somarem às mobilizações que ocorrerão neste 30 de maio. “Será um grande ato nacional, uma grande mobilização dos professores, dos estudantes e dos trabalhadores deste País em defesa da educação de qualidade, criatividade, livre pensar, investimento em pesquisa e educação e contra o retrocesso do governo Bolsonaro”, reforçou.

 

Vânia Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 601 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 601 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba – 14/10/…