Home Portal Notícias Bolsonaro coloca em risco a democracia no País, afirmam petistas

Bolsonaro coloca em risco a democracia no País, afirmam petistas

7 min read
0

O líder da Minoria no Congresso, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), afirmou em plenário, nesta terça-feira (21), que ao convocar manifestação para o próximo domingo (26), o presidente Bolsonaro está indo por um caminho que ninguém sabe onde vai terminar. “Ele (Bolsonaro) está colocando em risco a democracia no Brasil, para se contrapor aos atos ocorridos de norte a sul do País na última semana, contra o seu governo e os cortes de verbas para a educação”, destacou Zarattini.

“Bolsonaro, com essa convocação, dobra a aposta, e tenta acuar o Congresso Nacional”, criticou Zarattini. Ele pede ponderação por parte do Congresso, para encontrar um caminho para a democracia que garanta os direitos do povo brasileiro. “Essa é a nossa luta e vamos voltar às ruas junto com os estudantes no próximo dia 30 de maio”, adiantou. O deputado se refere às novas manifestações convocadas pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e pelas centrais sindicais, em defesa da Educação e contra os cortes de verbas para universidades públicas determinados pelo governo Bolsonaro.

O líder da Minoria no Congresso avaliou que a política educacional de Bolsonaro não tem rumo. “É uma política educacional que quer desmontar a universidade pública, que quer cortar verbas e que quer desmoralizar todo o trabalho que vem sendo feito ao longo desses anos, ampliando o ensino em nosso País”, explicou.

Desequilíbrio político

O deputado Valmir Assunção (PT-BA) também destacou, em plenário, o período difícil que o Brasil vive. “Temos um presidente da República que, para todo o mundo, parece ser meio desequilibrado. Num dia, critica os parlamentares, no outro dia, elogia os parlamentares; num dia, é contra a Reforma da Previdência, no outro dia, é a favor; num dia faz chantagem ao Congresso Nacional, no outro dia, faz chantagem ao Supremo Tribunal Federal. Isso é falta de equilíbrio político, e nós não podemos concordar com isso, o povo brasileiro não aguenta uma situação assim”, observou.

Valmir Assunção citou ainda a nova política preconizada pelo governo Bolsonaro que até agora não conseguiu aprovar nada na Câmara. “Essa nova política é a política da chantagem? Essa nova política é para poder tirar o direito dos trabalhadores? Essa nova política é para tirar o direito do povo de se aposentar? Essa nova política é para cortar o orçamento das universidades federais e para acabar com os institutos federais no Brasil?”, indagou.

O deputado do PT baiano disse que o Congresso Nacional precisa reagir em defesa do povo brasileiro, aprovando políticas públicas que possam gerar emprego e desenvolvimento neste País. “Nós precisamos de uma educação pública de qualidade, uma educação que, cada vez mais, tenha investimento e não cortes orçamentários. E, no próximo dia 30, o povo brasileiro vai novamente para as ruas defender o setor educacional”.

Lição de democracia

Também em plenário, o deputado João Daniel (PT-SE) disse que a juventude brasileira, as universidades públicas e os institutos federais deram uma lição de democracia e de respeito a este País nas manifestações do último dia 15. “Parabéns a todos que se engajaram nesse grande ato na defesa da democracia, na defesa do Brasil, na defesa da educação pública. A cada dia que passa, o governo Bolsonaro mostra verdadeiramente o seu rumo: seu compromisso com as grandes corporações privadas, com o capital financeiro e com o lucro dos bancos”.

Por isso, reforçou João Daniel, haverá novas manifestações no dia 30 de maio. “Precisamos fazer, sim, grandes manifestações de rua para impedir o retrocesso deste governo”. Para o deputado do PT-SE o governo Bolsonaro acabou. “Ele poderia fazer um grande bem à democracia, renunciando o seu mandato e convocando novas eleições presidenciais”.

Vânia Rodrigues

 

.

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Paulo Teixeira vai ao Supremo Tribunal Federal contra a votação da PEC da prisão da 2ª instância

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) anunciou na noite desta terça-feira (12) que vai ao Supr…