Home Portal Notícias Manchetes Parlamentares, reitores e entidades relançam Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais

Parlamentares, reitores e entidades relançam Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais

7 min read
0

A Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais foi relançada nesta quarta-feira (24), na Câmara dos Deputados. A deputada Margarida Salomão (PT-MG), que presidiu a Frente em duas outras ocasiões – e agora integra a coordenação colegiada -, criticou as recentes ações do Ministério da Educação (MEC) e reforçou a importância deste relançamento neste momento de ataque ao sistema de educação superior pública gratuita no Brasil. “Estamos vivendo um estado de guerra: guerra declarada à inteligência e às universidades. Esse nosso encontro busca destravar o diálogo com o governo, superar o estrangulamento orçamentário e financeiro que hoje as universidades vivem e defender seu grande atributo que é a liberdade de expressão, de pesquisa e ensino. Defender a liberdade universitária. Afrontar a autonomia universitária e a Constituição é inaceitável”, destaca.

A Frente contará com uma coordenação colegiada formada pelas deputadas Margarida Salomão, Alice Portugal (PCdoB-BA) e pelos deputados Danilo Cabral (PSB-PE), Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) e Túlio Gadêlha (PDT-PE).

Margarida ressalta que a Frente atuará ao lado das entidades com o objetivo de debater e construir projetos para a defesa do sistema de universidades federais. “Esta Frente já garantiu grandes avanços para a educação em legislações anteriores, porém estamos vivendo um processo de ataque não só à autonomia universitária, mas também à sua subsistência, por meio de cortes sistemáticos nos orçamentos”, enfatiza.

A frente parlamentar, suprapartidária, já conta com assinaturas de centenas de deputados e senadores e deve receber ainda mais adesões. Afinal, as universidades federais são estratégicas para o desenvolvimento do País por serem as principais produtoras de ciência, tecnologia e inovação, instrumentos eficazes para superação das desigualdades regionais.

O deputado Beto Faro (PT-PA) participou da atividade de lançamento da Frente. O parlamentar lembrou que houve expansão do ensino superior no Brasil nos governos de Lula e Dilma. “Nós tivemos um momento de expansão do ensino superior no País. No meu estado [Pará], duas universidades novas foram criadas, a Unifesspa, para a região sul do Estado, a Ufopa, na região oeste, além da transformação da Ufra numa grande Universidade Federal Rural lá da região amazônica”, detalhou Beto Faro.

Atualmente, contextualiza Beto Faro, “a gente percebe o corte tanto nos investimentos, para que possam ser trabalhados novos campi ou núcleos, a diminuição dos cursos, e, fundamentalmente, agora, a diminuição dos recursos para custeio. A bancada do Estado tem servido como um suporte para isso, mas não é suficiente. Nós precisamos reverter essa política do atual Governo Federal, que já tinha iniciado no Governo Temer, que, de fato, sucateia o ensino público numa tentativa de fazer a privatização do ensino superior”, criticou.

Para o deputado Airton Faleiro (PT-PA), a Frente Parlamentar será uma trincheira em defesa de recursos públicos para a educação, em defesa da educação superior e das universidades públicas, inclusive, os institutos tecnológicos. “O nosso mandato estará dedicado à educação superior no nosso País, que tem que continuar sendo prioridade. E nós vamos combater aqueles que trabalham e pregam aqui a desestruturação dos serviços públicos de educação no nosso País”, avisou.

Estiveram presentes no lançamento da Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais 70 deputados, 5 senadores, reitores e representantes de 67 universidades e instituições federais, além de representações das entidades: Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra), União Nacional dos Estudantes (UNE), Associação Nacional dos Pós-graduandos (ANPG), Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituição Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico (Proifes), Observatório do Conhecimento e Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

PT na Câmara com Assessoria de Comunicação

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Conselho Nacional de Saúde denuncia tragédia humanitária no Brasil

Em nota divulgada neste sábado (8), o Conselho Nacional de Saúde (CNS) externa pesar e ind…