Home Portal Notícias Lutar por Lula Livre é defender a liberdade do Brasil, afirma Gleisi

Lutar por Lula Livre é defender a liberdade do Brasil, afirma Gleisi

6 min read
0
Os 100 primeiros dias do governo de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL) já se passaram e não há nenhum sinal de que algo será feito em favor do povo, em especial os mais de 13 milhões de desempregados, deixado em um cenário de completa desesperança. Muito pelo contrário, o que se vê é a constante ameaça de mais cortes nos direitos dos trabalhadores. É justamente por isso que o nome de do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é recordado cada vez mais pela população. Lembrar do ex-presidente é recordar de um tempo em que os brasileiros eram a prioridade e o País tinha dignidade.
A avaliação é da presidenta nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), que participou neste sábado (13) de atividades nas câmaras municipais de Valparaíso e Luziânia, em Goiás. “Defender a liberdade de Lula é defender a liberdade do Brasil. O povo tem memória. Se você perguntar quem fez mais pelos brasileiros, vão lhe responder que foi o Lula. Porque foi a primeira vez em 500 anos de história que a gente teve inclusão social no país. Que o combate à fome foi política pública. Que o salário mínimo teve valorização, houve pleno emprego”, destacou Gleisi.

Desgoverno Bolsonaro

A presidenta recordou, inclusive, de uma conversa que teve com Lula, na qual o ex-presidente apontou que “tem gente que se elege para governar e tem gente que se elege para destruir”. Segundo Gleisi, o desgoverno de Bolsonaro foi eleito, com apoio do mercado financeiro, para “destruir a Constituição, nosso legado e até o PT e os movimentos sociais”. Ela destacou ainda que o único objetivo do governo é acabar com as políticas públicas na área social.
“Na cabeça da elite do País, o povo é só um detalhe. Se comer uma única vez no dia, já está bom. A economia está um caos, os próprios bancos, que ajudaram a eleger Bolsonaro, já reduziram a expectativa de crescimento. Foi de 2% para 1,3%. Isso significa mais desemprego, queda ainda maior na renda da população e mais pobreza no Brasil”, alertou Gleisi.

Com Lula, o povo é a prioridade

Por conta de todo o desmonte das políticas públicas, a presidenta do PT em Goiás, Katia Maria, apontou que a libertação de Lula vai além da defesa dos direitos do ex-presidente, que mesmo inocente foi preso. Foi condenado sem a apresentação de nenhuma prova ou crime. “Nossa democracia não será restabelecida enquanto Lula estiver preso. Ele é a centralidade da pauta porque ele significa o oposto desse governo conservador ao qual precisamos resistir”, destacou Katia.
Gleisi, por sua vez, lembrou que a elite brasileira nunca suportou as políticas sociais implantadas pelos governos do PT. “Lula tem sido objeto sistemático de perseguição porque eles querem dobrar a soberania brasileira. Querem que a gente se curve para os Estados Unidos e bata continência para a bandeira americana. A elite nunca suportou que os mais pobres tivessem acesso a serviços públicos de qualidade. Que pudessem ter renda e salário decentes”.
“A nossa luta por Lula Livre assume uma centralidade porque Lula é antítese do que está acontecendo. Defender a liberdade dele não é só uma questão de Justiça com ele, que é inocente e vive uma prisão politica, mas representa um modelo de desenvolvimento inclusivo e participativo”, observou Gleisi.

PT na Câmara com Agência PT de Notícias

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bulletin 418 – Dozens of people shouted “Free Lula!” in São Paulo

Bulletin 418 – People’s Committee in Defense of Lula and Democracy Straight from Cur…