Home Portal Notícias, Notas e Boletins Português Notas NOTA DE REPÚDIO À PRISÃO POLÍTICA DE JULIAN ASSANGE

NOTA DE REPÚDIO À PRISÃO POLÍTICA DE JULIAN ASSANGE

3 min read
0

As bancadas do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados e no Senado Federal repudiam com veemência a prisão do jornalista Julian Assange, ocorrida nesta quinta-feira (11), em Londres, graças a uma decisão lamentável do governo equatoriano de retirar a sua condição de asilado político.

Assange é um dos principais responsáveis por revelar ao mundo o consórcio internacional de espionagem formado por agências dos Estados Unidos em conjunto com outros países. Tal esquema foi construído para violar não apenas os direitos à liberdade e à privacidade de milhões de pessoas ao redor do mundo, mas também para pilhar segredos de empresas importantes e de governos de nações que não aceitam entregar suas riquezas às multinacionais destes países expostos pelo trabalho de Assange.

A prisão efetuada pela polícia inglesa passa por cima das recomendações de entidades da Organização das Nações Unidas (ONU), notadamente do Grupo de Trabalho sobre Detenções Arbitrárias e do Alto Comissário de Direitos Humanos.

Destacamos ainda que o vergonhoso ato do governo equatoriano – que jamais ocorreria sob a gestão do ex-presidente Rafael Correa – também viola todas as convenções internacionais de direitos humanos que tratam do instrumento do asilo político.

Julian Assange é um preso político, vítima de uma perseguição que usa a estratégia do lawfare, tal qual Luiz Inácio Lula da Silva no Brasil.

Exigimos a imediata libertação de Assange e conclamamos a comunidade internacional a se somar a este pleito, que se baseia no respeito à democracia e ao Direito Internacional.

 

Brasília, DF, 11 de abril de 2019.

 

Paulo Pimenta

Líder do PT na Câmara

 

Humberto Costa

Líder do PT no Senado

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 458 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 458 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba – 23/5/2…