Home Portal Notícias Lula Livre A liberdade de Lula é o desejo de todas as pessoas no Brasil e no mundo, destacam petistas

A liberdade de Lula é o desejo de todas as pessoas no Brasil e no mundo, destacam petistas

19 min read
0

Milhares de pessoas foram às ruas neste domingo (7) no Brasil e no mundo denunciar que o ex-presidente Lula é um preso político há um ano, vítima de uma perseguição judicial e midiática que o condenou sem provas. O grito de Lula Livre, Lula inocente foi ouvido de norte a sul do País e nos cinco continentes. “A liberdade de Lula é o desejo de todas as pessoas no Brasil e no mundo que defendem a democracia em nosso País”, sintetizou o líder do PT, deputado Paulo Pimenta (RS), o pensamento de parlamentares e cidadãos de todo o mundo. Pimenta participou das manifestações que reuniu mais de 10 mil pessoas em Curitiba.

“Ninguém solta a mão de ninguém. Lula nunca vai estar sozinho!”, discursou a presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), que também estava em Curitiba. “O melhor presidente que o Brasil já conheceu está no coração e na mente do povo brasileiro. Atos pelo mundo entrelaçam todas as mãos pela liberdade do ex-presidente Lula. Se eles pensam que Lula está sozinho, estão muito enganados. Por todo Brasil, vozes ecoam, pedindo Lula livre neste domingo”, reforçou.

O deputado Carlos Zarattini (PT-SP) também levou sua solidariedade e participou da resistência em Curitiba e frisou que Lula é a ideia de um Brasil mais justo e solidário. “Não existe grade capaz de prender uma ideia assim. Por isso, o povo vai continuar lutando pela liberdade do Lula”, assegurou.

Na avaliação do deputado Zeca Dirceu (PT-PR), foi emocionante a Jornada Lula Livre deste domingo. “O carinho das pessoas por Lula é porque conhecem e viveram tudo que ele fez pelo País. Muito feliz de ouvir todas essas pessoas. Nosso grito Lula livre está mais forte do que nunca”, garantiu. Zeca Dirceu disse ainda que o maior advogado de Lula é o povo que grita Lula Livre no Brasil e no mundo.

Firme na caminhada e nas manifestações em Curitiba, o deputado Marcon (PT-RS) destacou que nesse domingo, milhares de pessoas vieram de todo o Brasil para capital paranaense logo cedo para marchar pelas avenidas de Curitiba, nesse dia que se completa um ano da prisão política do presidente Lula. “Só sairemos das ruas com Lula livre! É pelo Brasil, pelo povo trabalhador!”, avisou.

Em Curitiba, emocionado, o deputado Vicentinho (PT-SP), observou: “São milhares de pessoas de todos os cantos do Brasil gritando Lula Livre!!! É tanta gente, que não cabe na foto”, completou.

E a deputada Luizianne Lins (PT-CE) que foi a Curitiba pela nona vez levando solidariedade e lutando por democracia e por Lula livre também reforçou: “Sempre estarei aqui e vou estar até que Lula seja livre” prometeu.

foto: Benildes Rodrigues

Esperança dos brasileiros

Parlamentares da Bancada do PT pelas ruas ou nas suas redes sociais manifestaram apoio e solidariedade ao ex-presidente Lula neste 7 de abril, dia que completa um ano da prisão política do melhor presidente que o Brasil conheceu. A deputada Maria do Rosário (PT-RS) pediu bênçãos para Lula. “Sejas sempre abençoado presidente Lula. Abençoado pelo olhar de esperança dos sofridos brasileiros, por água que verte das matas em grandes rios e das lágrimas de mães que buscam o melhor para os filhos. Por paz, direitos, respeito, o Brasil precisa de Lula”, escreveu em seu twitter.

Em Curitiba, nas manifestações por Lula Livre, o deputado Carlos Zarattini‏ reafirmou que Lula é vítima de uma perseguição judicial. “É preso político porque se não há provas, não há crime. Há um ano os poderosos aprisionaram o desejo do povo de voltar a sonhar”, criticou. Zarattini disse ainda que são milhões de “Lulas” em todo Brasil, que se unem no desejo de libertar o maior presidente da história do Brasil e devolver a esperança ao País. “Precisamos lutar para que a justiça se restabeleça. O Brasil precisa e quer Lula livre”, defendeu.

O deputado Reginaldo Lopes‏(PT-MG), também na sua rede social informou que a prisão política de Lula foi denunciada em Belo Horizonte. “Faltam provas, sobram arbitrariedades e afrontas à Constituição. Prenderam, por ‘atos indeterminados’, quem ousou acreditar que os mais pobres tinham lugar na economia”. E ainda acrescentou: “Contra o ódio, a injustiça e a intolerância, nós trazemos a esperança e a luta por democracia e justiça social. Lula Livre é a bandeira pela soberania do Brasil”.

Na avaliação deputado Assis Carvalho‏ (PT-PI), que esteve em Curitiba para reafirmar o seu compromisso de lutar por Lula livre, ao prender o ex-presidente, sem provas, atropelando a Constituição, “eles tentaram calar a voz do político que prioriza os mais pobres”. “Mas Lula não foi interrompido. Há milhões de pessoas no Brasil que levam adiante os projetos dele, as ideias dele, a voz dele. E estaremos nas ruas até reconquistarmos a democracia”, garantiu.

Na avaliação do deputado Pedro Uczai‏ (PT-SC) a esperança sempre vence o medo “e seguimos na luta pela liberdade do nosso presidente Lula porque a sua liberdade é a liberdade do povo brasileiro”, afirmou Uczai, que se somou às milhares de pessoas no ato de Curitiba.

Também por Lula livre em Curitiba, o deputado Alencar Santana (PT-SP) afirmou que Lula já provou que é possível ter um Brasil melhor. “Um Brasil da esperança”.

Foto: Benildes Rodrigues

Um ano de injustiça

Para a deputada Natália Bonavides‏ (PT-RN), o dia 7 de abril, marca um dia difícil para todas as companheiras e os companheiros que lutam por um Brasil livre, soberano e com direito. “Um ano da prisão política do ex-presidente Lula, um ano de injustiça”, lamentou em seu Twitter.

O deputado Nilto Tatto (PT-SP), que esteve nas manifestações de Curitiba, destacou que são 365 dias de injustiça e 365 dias de resistência. “Há 365 dias um homem (Lula) está preso sem provas. 365 dias de corações apertados. 365 dias de luta. Milhares de pessoas ocupam agora as ruas de Curitiba em protesto pelos 365 dias da prisão criminosa de Lula”, lamentou.

“Nós somos as vozes do Lula”, lembrou a deputada Benedita da Silva (PT-RJ), em Curitiba, neste domingo.  Ela denunciou a prisão política e injusta de Lula, sem provas e sem crime: “portanto, de forma injusta, ilegal e arbitrária”. “Um ano de injustiça com o Lula e com o povo brasileiro. Ate quando?”indagou.

De Sergipe, onde participou do ato de lançamento do Comitê Estadual Lula Livre, com toda militância do PT, movimentos sociais, sindical, juventude, o deputado João Lula Daniel (PT-SE) disse que Lula é vítima de uma injustiça. “Lula foi condenado sem provas, apenas com o intuito de calar a voz e a vontade soberana do povo de fazê-lo, mais uma vez, presidente dos brasileiros e brasileiras e botar o Brasil de volta no caminho do desenvolvimento com justiça social”.

E para o deputado Helder Salomão‏ (PT-ES) Lula Livre é o caminho para o Brasil ser feliz de novo. “Um ano de violência, 1 ano de injustiça e 1 ano de infâmia. Lula foi condenado por ‘ato de ofício indeterminado’. Ele foi preso para ser impedido de participar e vencer o processo eleitoral”, lamentou.

Na avaliação do deputado Beto Faro (PT-PA), Lula representa a luta por justiça, liberdade e democracia. “Por isso, milhares estão nas ruas neste domingo por Lula livre”, escreveu em sua conta no Twitter.

O deputado José Guimarães (PT-CE) citou em sua conta no Twitter parte do artigo de Lula publicado hoje pela Folha de S. Paulo, no qual o ex-presidente destaca o fato de o Supremo Tribunal Federal ter lhe negado um justo pedido de habeas corpus, sob pressão da mídia, do mercado e até das Forças Armadas, como confirmou recentemente Jair Bolsonaro, o maior beneficiário daquela perseguição. “O único caminho possível para restabelecer o Estado de Direito no Brasil é a liberdade de Lula”, completou Guimarães.

Foto: divulgação

Preso pela Farsa da Lava Jato

O deputado Padre João (PT-MG) ao destacar em sua rede social que Lula está há um ano preso pela “farsa da Lava Jato”, afirmou que eles “só esqueceram que não se prende uma ideia”. E o deputado Valmir Assunção (PT-BA) em sua conta no Twitter também destacou que Lula é uma ideia e afirmou que Lula foi o melhor presidente que o Brasil teve.

Na avaliação da deputada Erika Kokay (PT-DF), que esteve nas manifestações por Lula livre no Distrito Federal,‏ a prisão de Lula não foi para condenar o homem, retirante, metalúrgico, sindicalista. “Foi para condenar um projeto de País justo, democrático e soberano. Não vamos deixar de lutar por suas ideias e seus sonhos”, garantiu em sua conta no Twitter.

Na sua rede social a deputada Margarida Salomão ‏(PT-MG), que participou de atos Lula Livre em Juiz de Fora, afirmou que Lula foi preso por uma decisão política. “Vimos delatores deixarem a prisão ao dizerem aquilo que procuradores e juízes queriam ouvir. Vimos a espetacularização das ações policiais reforçarem o clima de justiçamento e o linchamento público de inocentes”, criticou.

E o deputado Alexandre Padilha‏ (PT-SP), em sua conta no Twitter foi taxativo: “Um ano de injustiça, um ano de perseguição. As provas das conquistas de Lula estão por todas as partes. Já as provas dele ser culpado por outras coisas, não”.

Também no Twitter, o deputado Zé Carlos‏ (PT-MA) afirmou que há um ano tentaram parar Lula, imputando-lhe um crime que nunca existiu. “Eles não querem que o maior presidente que este País já teve volte para reconstruir o que destruíram. Mas o povo sabe disso e jamais deixará de lutar pela libertação do Lula”.

E para o deputado Paulão (PT-AL), ao prender Lula, prenderam e condenaram o País inteiro. “Lula é inocente, queremos Lula livre para o Brasil voltar a sonhar!”

Foto: Rogério Tomas Jr.

Também estavam presentes na Jornada Lula Livre em Curitiba os deputados petistas Airton Faleiros (PA), Enio Verri (PR) e Merlong Solano (PI) e participaram de atos em seus estados ou manifestaram em suas redes sociais em defesa da democracia e da liberdade de Lula os deputados Patrus Ananias ‏(PT-MG), Rogério Correia‏ (PT-MG), Paulo Teixeira (PT-SP), Marilia Arraes (PT-PE), Professora Rosa Neide (PT-MT), Rubens Otoni (GO), Jorge Solla (PT-BA) e Rui Falcão (PT-SP).

Vânia Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bulletin 513 – People’s Committee in Defense of Lula and Democracy

Bulletin 513 – People’s Committee in Defense of Lula and Democracy Straight from Cur…