Home Portal Notícias Lula Livre Boletins Boletim 410 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 410 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

5 min read
0

Boletim 410 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 5/4/2019 – 364 dias de resistência – 19h40

 

  1. A Caravana Lula Livre desembarcou hoje em Porto Alegre, primeiro dos três destinos no Sul do País, onde serão realizados atos em defesa da democracia e da libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No evento de hoje, o candidato do PT nas últimas eleições presidenciais, Fernando Haddad, afirmou que a Caravana tem como objetivo mostrar a toda a população que a liberdade de Lula e o funcionamento de uma Justiça imparcial são condições essenciais para o País voltar ao caminho da democracia. A caravana passa amanhã por Florianópolis e, no domingo (7), quando se completa um ano de prisão política de Lula, estará em Curitiba, para um grande ato na Vigília Lula Livre,o qual dará início à Jornada Lula Livre ,que se estende até o dia 10 de abril. Leia mais: https://pt.org.br/haddad-nos-acreditamos-na-justica-imparcial-por-isso-queremos-lula-livre/

 

  1. Jean-Luc Mélenchon, líder do movimento de esquerda França Insubmissa, convocou manifestações pela libertação de Lula no domingo (7), data em que se completa um ano de prisão arbitrária e política do ex-presidente. O político convidou os franceses para integrar o Comitê Parisiense de Solidariedade a Lula, que fará um ato em defesa do ex-presidente às 15h, na Esplanada do Trocadero, na capital da França. Mélenchon denunciou a atuação política do ex-juiz Sérgio Moro, que virou ministro de Bolsonaro, a quem ajudou na eleição de várias formas, entre elas, com a condenação de Lula sem provas a fim de tirá-lo da corrida eleitoral. Leia mais: https://pt.org.br/lider-da-esquerda-francesa-convoca-ato-para-exigir-lula-livre-na-franca/

 

  1. O Comitê Internacional Lula Livre realizou uma manifestação na quinta-feira (4), em Roma, com mais de 30 personalidades italianas, entre intelectuais, juristas, políticos e sindicalistas. O ato em favor da liberdade de Lula contou com a participação de Gilberto Carvalho, ex-ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, entre 2011 e 2015, durante o governo de Dilma Rousseff. O evento do Comitê ocorreu na sede da Confederação Geral Italiana do Trabalho (CGIL), o maior sindicato da Itália, com mais de 5,5 milhões de inscritos. Saiba mais: https://pt.org.br/em-roma-juristas-intelectuais-e-politicos-italianos-exigem-lula-livre/

 

  1. Jovens petistas de diversas regiões do Brasil estão em Curitiba para o Encontro Nacional dos Estudantes PTistas. Na abertura do encontro, os jovens demonstraram, com muita energia e emoção, o compromisso de lutar pela libertação de Lula e denunciaram sua prisão injusta e arbitrária, em decorrência de um processo manipulado por Sérgio Moro com fins políticos, ideológicos e eleitorais.  Os jovens petistas estiveram na Vigília à noite, para participar do ato “Boa noite, presidente Lula!”.

 

Boletim 410 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 5/4/2019 – 364 dias de resistência – 19h40

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 627 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 627 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de São Bernardo do C…