Home Portal Notícias Merlong Solano: “Projeto de Bolsonaro é sacrificar os mais pobres”

Merlong Solano: “Projeto de Bolsonaro é sacrificar os mais pobres”

4 min read
0

O deputado Merlong Solano (PT-PI) criticou hoje (2) duramente a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 06/2019) para a Reforma da Previdência enviada ao Congresso Nacional pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). “O governo esmera-se em sacrificar o povo brasileiro, como é o caso da PEC, que não ataca os privilégios e sacrifica os mais pobres”, disse o parlamentar.

Ele citou como exemplo a proposta de criação de um fundo de capitalização privado no qual cada pessoa terá uma conta individual, em vez de contribuir para o INSS e ter seu benefício assegurado pela previdência pública, como hoje. Ele advertiu que o fundo proposto ataca principalmente a faixa mais pobre da população. “Se for aprovado, jogará milhares de brasileiros na indigência durante a velhice”, afirmou.

Miséria

O fundo citado por Merlong já existe no Chile e foi criado durante a sangrenta ditadura do general Augusto Pinochet, entre 1973/90. O resultado é drástico – as pessoas se aposentam e têm ganhos abaixo do salário mínimo do país. O Chile é o país onde há o mais alto índice de suicídio de idosos do planeta.

Merlong também criticou a desastrada política externa do governo Bolsonaro. Segundo o deputado, as trapalhadas de Bolsonaro e de seu chanceler Ernesto Araújo potencialmente vão gerar mais desemprego no Brasil, em razão de represálias comerciais que poderão ser tomadas por parceiros tradicionais como a China e os países árabes.

Neoliberalismo

“O atual governo não tem nenhum projeto para o País, a não ser sacrificar os mais pobres. É o neoliberalismo sem limites”, frisou.

Professor de Ensino Superior, o deputado Merlong Solano tomou posse no dia 28 último, como suplente de Fábio Abreu (PR), que pediu afastamento da Casa para assumir o cargo de Secretário de Segurança do Piauí. Merlong se soma à maior Bancada na Câmara para lutar contra os retrocessos promovidos pelo governo Bolsonaro, como a Reforma da Previdência.

Solano esteve reunido nesta terça-feira com o líder da bancada, Paulo Pimenta (PT-RS), para discutir em quais comissões permanentes vai atuar como titular e suplente.

Veja o vídeo na íntegra:

PT na Câmara

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Está no ar a campanha de financiamento do Festival Lula Livre

Os artistas mais uma vez estão unidos em defesa da liberdade do ex-presidente Lula. Desta …