Home Portal Notícias Bolsonaro é chamado de nazista em Washington durante protesto contra sua visita aos EUA

Bolsonaro é chamado de nazista em Washington durante protesto contra sua visita aos EUA

2 min read
0

Centenas brasileiros e norte-americanos foram na manhã deste domingo (17) para a frente da Casa Branca, a sede do governo dos EUA, em Washington (DC), para protestar contra a visita do presidente de extrema  Jair Bolsonaro. O protesto ocorreu antes da chegada dele. A manifestação foi organizada por 14 entidades, entre elas a “Brazilians for Democracy and Social Justice – Washington DC” (Brasileiros pela Democracia e Justiça Social).

Os manifestantes levaram faixas, cartazes, bonecos e cantavam slogans contra Bolsonaro e em defesa da libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da apuração completa do assassinato de Marielle Franco. Os ativistas também lembraram do assassinato de Marielle Franco cometido por milicianos, cuja relação com a família Bolsonaro fica cada vez mais evidente.

A faixa que abria uma pequena passeata realizada em frente à Casa Branca afirmava: “Unidos contra o ódio”. Os ativistas também denunciaram que Bolsonaro é nazista.

Em artigo recente, o ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim fez uma análise precisa de como era a política externa do Brasil durante o governo Lula e comparou com a constrangedora subserviência de Jair Bolsonaro ao que manda e desmanda o governo do também direitista Donald Trump, com quem se encontrará na próxima terça-feira (19). “Será que Bolsonaro irá prestar continência?”, perguntou o ex-chanceler.

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Juristas estrangeiros se dizem chocados e defendem libertação de Lula

Um grupo de 17 juristas, advogados, ex-ministros da Justiça e ex-membros de Cortes Superio…