Home Portal Notícias Manchetes Núcleo do PT define estratégias para combater retrocessos de Bolsonaro na educação

Núcleo do PT define estratégias para combater retrocessos de Bolsonaro na educação

7 min read
0

Na primeira reunião de trabalho do ano, o Núcleo de Educação da Bancada do PT na Câmara, coordenado pelo deputado Waldenor Pereira (PT-BA), debateu, entre outros assuntos, a criação de frentes parlamentares na Câmara Federal, o Plano Nacional de Educação (PNE), o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e a convocação do ministro de Educação do governo Bolsonaro. Para o coordenador, esses são os principais pontos que deverão nortear o trabalho do colegiado em 2019.

“Estamos esperançosos de que o Núcleo de Educação e Cultura e Desporto – uma vez com seu funcionamento normal – possa subsidiar os parlamentares nas discussões das proposições que tramitam aqui na Câmara dos Deputados, no Congresso Nacional para fazer a defesa da educação brasileira libertadora, honrando Paulo Freire, Florestan Fernandes e tantos educadores que orgulham nosso partido e a educação em nosso País”, frisou Waldenor Pereira.

O deputado destacou a participação e o engajamento das entidades vinculadas à educação como a UNE, CUT, CNTE, Fasubra, entre outras, que incorporaram e estão presentes aos debates desencadeados pelo Núcleo. “As entidades estão mostrando uma vontade muito grande de fazer a defesa da educação democrática, libertária e não permitir que essas forças do atraso, do reacionarismo, que caracteriza o governo eleito, possam prevalecer”, afirmou.

Fundeb

O parlamentar lembrou da ameaça de extinção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Criado em 2007, no governo do ex-presidente Lula, o Fundeb tem previsão de acabar em 2020. Com o fim do programa, a educação brasileira ficaria sem um aporte de aproximadamente R$ 140 bi. “Falamos sobre o Fundeb que tem um prazo já determinado para sua extinção. Nós estamos trabalhando na perspectiva da sua manutenção, da sua permanência”, revelou Waldenor.

PNE

Sobre o Plano Nacional de Educação (PNE), o deputado adiantou que já está sendo definido não só a constituição de uma frente parlamentar para tratar desse assunto, como também a elaboração de uma agenda de discussão a respeito do acompanhamento do PNE. Waldenor lembrou que o Plano estabelece como uma de suas metas, o investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação.

Precatório

Waldenor disse que os precatórios do Fundeb preocupam a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Segundo ele, a entidade está muito preocupada com a liberação desse recurso que representa cerca de R$ 200 milhões. “Estamos defendendo a vinculação dos recursos de 60% que é Constitucional para serem destinados aos profissionais da educação, professores e servidores”.

“O nosso Núcleo defende a constituição de uma frente parlamentar e também a criação de uma subcoordenação dentro da Comissão de Educação para defender os funcionários da educação do Brasil no que diz respeito a esses precatórios do Fundeb”, anunciou o petista.

Convocação

O deputado adiantou ainda que na primeira reunião da Comissão de Educação, os parlamentares que compõem o Núcleo devem apresentar um requerimento de convocação do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez. “A convocação é para que ele possa se explicar sobre as manifestações esdrúxulas que vem apresentando, e que fere frontalmente a educação brasileira, como aquela em que ele afirmou que a universidade é para elite brasileira”, lembrou Waldenor Pereira.

Participaram também da reunião os deputados petistas Airton Faleiro (PA), Prof. Rosa Neide (MT), Pedro Uczai (SC) e Reginaldo Lopes (MG), além de o senador Jean Paul (PT-RN).

Benildes Rodrigues

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Depoimento de Lula na Justiça Federal comprova perseguição, avaliam petista

Parlamentares da Bancada do PT se revezaram na tribuna da Câmara, na tarde desta quarta-fe…