Home Portal Notícias Mas quem mandou matar Marielle e Anderson?, questionam petistas

Mas quem mandou matar Marielle e Anderson?, questionam petistas

16 min read
0

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara se manifestaram logo cedo pelas redes sociais sobre a prisão dos suspeitos em assassinar Marielle Franco e Anderson Gomes. O crime hediondo completará um ano na próxima quinta-feira 14. Os petistas querem saber quem foram os mandantes dos assassinatos.

Policiais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil e promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro prenderam, na madrugada desta terça-feira (12), dois suspeitos. O policial militar reformado Ronnie Lessa teria feito os disparos, enquanto que o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz dirigiu o carro que perseguiu as vítimas.

A investigação, segundo reportagem do G1, ainda tenta esclarecer quem foram os mandantes do crime. De acordo com a denúncia, “é inconteste que Marielle Francisco da Silva foi sumariamente executada em razão da atuação política na defesa das causas que defendia”.

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), questiona o fato de o presidente Jair Bolsonaro residir no mesmo residencial de um dos suspeitos do crime. “Todo o aparato de inteligência dos militares, do GSI, de Sérgio Moro e dos hackers do Carlucho foi incapaz de identificar que o presidente morava ao lado de um assassino frio? Ninguém detectou o risco gravíssimo que o presidente e sua família passaram? Tem que demitir geral!”, orienta o líder petista.

Pimenta ainda indaga a condição financeira de um policial – que não está mais na ativa – morar em condomínio de luxo no Rio de Janeiro. “‏Quantos policiais reformados do Rio de Janeiro têm condições financeiras de morar num condomínio de alto padrão na Barra da Tijuca, um dos bairros mais caros da cidade? Parece que tem mais gente fazendo negócios como o Queiroz… Ainda mais se considerarmos que Ronnie Lessa é policial reformado”, afirmou o petista em sua conta no twitter.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) condena a violência praticada por policiais desonestos. “Quando se denuncia pessoas da polícia, não são os policiais honestos que protegem pessoas. São os que abusam de autoridade, viram criminosos e assassinos de aluguel. Eles usam a farda e a arma do Estado, mas traem seus colegas e a sociedade. Estão entre piores bandidos, como esse aí [referindo-se ao suspeito de matar Marielle e Anderson].

Alexandre Padilha (PT-SP) escreveu em seu Twitter: “Quem mandou matar? Quem?”. O deputado recorda frase do ex-ministro da Segurança Pública e Defesa Raul Jungmann: “Envolvimento de poderosos na morte de Marielle é certeza”.

Para o deputado mineiro Rogério Correia (PT) é preciso encontrar quem mandou matar Marielle. Ao postar uma foto de um dos suspeitos do crime ao lado do presidente Bolsonaro, Correia pergunta: “‏Sr. Moro, é de interesse do Ministério da Justiça investigar crime contra a democracia? Se for, ajude a ver quem mandou matar Marielle! Tem pessoas que podem ajudar na investigação e são fáceis de encontrar”.

O deputado Henrique Fontana (PT-RS) classifica a prisão dos suspeitos como relevante, mas diz que é preciso saber quem encomendou a morte de Marielle e Anderson. “A prisão dos suspeitos do assassinato de Marielle e Anderson é importante. Mas em um crime como este, precisa ser esclarecido quem encomendou a morte da vereadora. A perseguição a representantes eleitos pela sociedade é um ataque à democracia! #Marielle

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR), escreve em sua conta no Twitter: “Um mora no condomínio de Bolsonaro, outro tem sobrenome Queiroz. A princípio não quer dizer nada. Mas os antecedentes da família Bolsonaro, que abrigou um Queiroz e homenageou milicianos, requer investigação criteriosa de possíveis relações”, destaca a deputada.

Margarida Salomão (PT-MG) diz que as prisões revelam como funciona o Estado paralelo no Rio. “Agora temos os suspeitos do assassinato de Marielle, notícia que ratifica a participação do estado paralelo que opera no Rio, as milícias. Bolsonaro está envolvido no caso? Nada aponta nesse sentido. Isso, contudo, em nada ameniza os duradouros anos de proximidade com as milícias”, observou a deputada.

Veja outras manifestações de parlamentares petistas no Twitter:

Enio Verri  (PR) – “Agora precisamos saber #QuemMandouMatarMarielle”.

Pedro Uczai (SC) – “Queremos saber quem é (ou quem são) o (s) mandante (s) do assassinato da vereadora Marielle”.

Erika Kokay (DF) – “O assassinato de Marielle é um crime contra o estado democrático de direito. Queremos resposta! #QuemMandouMatar”

Bohn Gass (RS) – “A pergunta do dia: Não é coincidência demais?”

Leonardo Monteiro (MG) – “A prisão de dois PMs hoje não nos impedirão de ir pra rua dia 14 para saber.  #QuemMandouMatarMarielle. Queremos saber quem deu a ordem”.

Paulo Guedes (MG) – “Prenderam os suspeitos de apertar o gatilho, mas, quem mandou matar #Marielle? É a pergunta que não cala!”

Natália Bonavides (RN) – “‏Quase 1 ano depois do assassinato de Marielle e Anderson, a polícia carioca prendeu na manhã de hoje (12) dois suspeitos da execução. Uma prisão tardia e que explicita os vínculos deste crime absurdo. E ainda não responderam: quem mandou matar? Seguimos cobrando respostas e punição!”

Airton Faleiro (PA) – “O fato do assassino de Marielle e Bolsonaro morarem no mesmo condomínio ou pousarem pra fotos abraçados pode não dizer nada ou pode dizer tudo. Na dúvida, rigorosa investigação deve ser feita.”

Alencar Santana (SP) – “A PM do Rio deve pagar muito bem aos seus policiais. O PM preso pelo assassino de Marielle é vizinho do presidente num condomínio de luxo, em frente pro mar. Ou será que ele enriqueceu de outro jeito?”.

Assis Carvalho (PI) – “E a pergunta que repetimos é: Quem MANDOU matar Marielle? Isso precisa ser investigado.”

Beto Faro (PA) – “Marielle, Presente! Provável autor dos disparos que mataram Marielle e Anderson, estava no mesmo condomínio milionário, onde mora Bolsonaro.”

Carlos Zarattini (SP) – “É uma incrível coincidência! Bolsonaro mora no mesmo condomínio do PM preso pelo assassinato de Marielle. Será que trocavam ideias?”

João Daniel (SE) – “Presos envolvidos no assassinato de Marielle Franco depois de tantas denúncias e provas por acaso moravam no condomínio de @jairbolsonaro precisamos rigorosa apuração e punição dos assassinos e mandantes.”

Jorge Solla (BA) – “Agora que se sabe quem matou Marielle, imagino que não seja difícil para a polícia achar o mandante. Tiveram acesso ao celular, viram que ele monitorava os passos dela. Esse mistério sobre a autoria intelectual não pode durar mais um ano”.

José Guimarães (CE) – “Mesmo com essa prisão, o assassinato não está esclarecido. É preciso continuar a mobilização!”

Marília Arraes (PE) – “Nesta madrugada, a Polícia Civil e o MP do RJ prenderam os responsáveis pela execução de Marielle e Anderson: o ex-policial militar Élcio Queiroz e o policial militar reformado Ronnie Lessa. A pergunta que ainda fica é QUEM MANDOU MATAR MARIELLE?”

Nilto Tatto (SP) – “Dois ex-policiais presos hoje são suspeitos de participação no assassinato de Marielle e Anderson. Ambos exibem relações com Bolsonaro, que precisam ser esclarecidas.”

Padre João (MG) – “Policial, que foi preso preventivamente, suspeito do assassinato de #Marielle mora no mesmo condomínio do presidente #JairBolsonaro. Grande dia, mas ainda temos muito a descobrir. Quem mandou matar @mariellefranco e Anderson Gomes?”

Paulão (AL) – “É preciso prender os autores materiais do assassinato de Marielle. Mas, chegar aos autores intelectuais.”

Paulo Teixeira (SP) – “Presos um PM e um ex-PM, acusados de matar Marielle Franco. Um deles mora no mesmo condomínio de Jair Bolsonaro.”

Rosa Neide (MT) – “Essa história do assassinato de Marielle e Anderson já chegou muito perto da família Bolsonaro, mas tão perto que um dos assassinos mora no mesmo condomínio do presidente Jair Bolsonaro.”

Reginaldo Lopes (MG) – “PM e ex-PM são presos pelo assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. O caso, no entanto, ainda está longe de ser solucionado. A principal pergunta ainda está no ar e talvez mais fácil de ser respondida: #QuemMandouMatarMarielle?

Valmir Assunção (BA) – “Um PM reformado e um ex- PM presos hoje, denunciados por terem assassinado Marielle Franco. Um deles, preso no mesmo condomínio de Bolsonaro. A pergunta principal ainda não foi respondida: a mando de quem? Quem mandou matar Marielle? #MarielleVive #MarielleFranco #Anderson”.

Zeca Dirceu (PR)‏ – “Quem tem medo da CPI das Milícias? Desde o início de fevereiro, assinei requerimento para criação de uma Comissão…”

 

PT na Câmara com Agência PT de Notícias

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Nota do PT sobre a prisão de Michel Temer e Moreira Franco

12O Partido dos Trabalhadores espera que as prisões de Michel Temer e de Moreira Franco, e…