Home Portal Notícias Boletim 346 Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 346 Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

7 min read
0

Boletim 346 Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 31/1/2019 – 20h40 300 dias de resistência e 300 dias de prisão política de Lula

 

  1. Nesta quinta-feira (31), completaram-se 300 dias de prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em um processo que já entrou para a história pela falta de provas e pela perseguição obsessiva a Lula por parte do ex-juiz Sérgio Moro, que acabou virando ministro do governo de extrema direita Jair Bolsonaro. Esses 300 dias foram marcados pela resistência diária de militantes de todo o Brasil na Vigília Lula Livre, em Curitiba. Saiba mais: http://www.pt.org.br/300-dias-da-prisao-de-lula-e-uma-certeza-ele-e-um-preso-politico/

 

  1. O “Bom Dia, Presidente Lula!” desta quinta (31) contou com a presença de uma caravana de educadores da rede estadual da região metropolitana de Curitiba e de uma caravana de mais de 200 indígenas de todo o Paraná, que se uniram no Dia Nacional de Mobilização dos Indígenas para a Demarcação Já de suas terras e também na luta pela libertação do ex-presidente. O vice-cacique Mário, da Reserva Indígena Barão de Antonina, falou em nome dos indígenas presentes na Vigília e discorreu sobre a importância da demarcação das terras dos povos ancestrais, hoje ameaçados pelo governo direitista Bolsonaro.

 

  1. Já a saudação vespertina a Lula teve o apoio de trabalhadores da Federação Única dos Petroleiros (FUP). O coordenador da FUP, Zé Maria, participou de roda de conversa no espaço Marielle Vive sobre a importância estratégica do petróleo do pré-sal e reforçou a denúncia de que Lula é, de fato, um prisioneiro político. “Estão transformando o país num verdadeiro balcão de negócios, entregando nossas riquezas e retirando os direitos conquistados duramente pela classe trabalhadora do campo ou da cidade”, denunciou o sindicalista.

 

  1. Após visitar o irmão Lula nesta quinta (31), Frei Chico criticou a inútil decisão do Supremo Tribunal Federal de quarta-feira (30) sobre a permissão do ex-presidente ir ao velório do irmão Vavá quando este já havia sido sepultado. Criticou também os constantes desrespeitos às leis quando se trata de Lula. Ele disse que as leis só serão cumpridas “quando estiverem com medo do povo nas ruas”, protestando contra os desmandos do Judiciário e o desmanche de direitos. Leia mais: http://www.pt.org.br/frei-chico-so-vao-cumprir-a-lei-quando-estiverem-com-medo-do-povo-nas-ruas/

 

  1. O ex-ministro Aloizio Mercadante e o deputado federal eleito Rui Falcão (PT-SP) visitaram Lula hoje, 31. Apesar da dor à qual foi submetido ao não poder se despedir do irmão Vavá, o ex-presidente fez questão de agradecer ao apoio de todos e pediu para que a imagem do primogênito da família seja sempre lembrada como símbolo de luta. “Vavá esteve presente em todas as nossas lutas e sofreu muito nos últimos anos. Mesmo assim, ele queria ver o Lula. Foi um dos últimos pedidos dele”, revelou Mercadante. Leia mais: http://www.pt.org.br/o-ultimo-desejo-do-vava-era-se-despedir-de-lula-revela-mercadante/

 

  1. Responsável por indicar Lula para o Prêmio Nobel da Paz, o ativista argentino Adolfo Pérez Esquivel concedeu entrevista, nesta quinta-feira (31), à emissora francesa RFI, e revelou temer pela vida do ex-presidente. “É gravíssimo que não tenham deixado que Lula fosse ao sepultamento de seu irmão mais velho. É um ataque onde existe muito ódio. Temo pela vida de Lula, na situação em que ele se encontra. São setores reacionários que não medem sua crueldade”, afirmou Esquivel. Leia mais: http://www.pt.org.br/temo-pela-vida-de-lula-diz-adolfo-esquivel-nobel-da-paz-argentino/

 

Boletim 346 Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 31/1/2019 – 300 dias de resistência – 20h40

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Comitês de todo o Brasil preparam o mutirão Lula Livre

Neste sábado (25) e no domingo (26), os comitês Lula Livre espalhados pelo Brasil vão às r…