Home Portal Notícias #FakeNews – Direita ataca Dilma na tragédia de Brumadinho por decreto que beneficia vítimas

#FakeNews – Direita ataca Dilma na tragédia de Brumadinho por decreto que beneficia vítimas

2 min read
3

A indústria de mentiras que elegeu Jair Bolsonaro presidente segue funcionando para atacar líderes e partidos da esquerda. Neste sábado (26), aproveitando a comoção causada pelo rompimento de uma barragem em Brumadinho (MG), grupos da direita começaram a atacar a ex-presidenta Dilma Rousseff distorcendo a finalidade de um decreto que ela editou em 2015 para beneficiar vítimas de tragédias socioambientais.

O decreto 8.572/2015 foi editado no dia 15 de novembro de 2015, 10 dias após o desastre ocasionado pelo rompimento de uma barragem em Mariana (MG), e incluiu esse tipo de situação como uma das condições que autoriza a liberação dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

A ex-presidenta criticou, via Twitter, a ação da direita nas redes. “A má-fé dos que espalham fake news continua a mil, mesmo diante da tragédia de Brumadinho. Em 2015, assinei decreto que considera natural desastres como rompimento de barragens. Isso foi para permitir àqueles atingidos sacar o FGTS para reconstruir suas vidas”, escreveu Dilma.

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), também fez um alerta sobre a mentira. “A fábrica de #fakenews da direita está querendo atacar a presidenta Dilma Rousseff no caso da barragem de Brumadinho com um decreto que BENEFICIA as vítimas desse tipo de acidente ao facilitar o acesso aos recursos do FGTS”, publicou o parlamentar.

Rogério Tomaz Jr.

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Campanha Nacional Fora Bolsonaro convoca novo ato para dia 19

No próximo dia 19 de junho,  sábado, a Campanha Nacional Fora Bolsonaro realiza nova manif…