Home Portal Notícias Bancada do PT quer assegurar reajuste integral do salário mínimo

Bancada do PT quer assegurar reajuste integral do salário mínimo

2 min read
0

Os senadores do Partido dos Trabalhadores apresentaram nesta sexta-feira (4) dois projetos para assegurar que os trabalhadores brasileiros recebam a totalidade do reajuste previsto para o salário mínimo no Orçamento da União. Conforme a peça orçamentária já aprovada pelo Congresso Nacional, o salário mínimo de 2019 deveria ser de R$ 1.006.

Um projeto de Decreto Legislativo apresentado pela Bancada do PT no Senado susta o decreto editado por Bolsonaro, logo após a posse, e que cortou o novo valor do salário mínimo para apenas R$ 998.

Ao mesmo tempo, um projeto de lei também apresentado pelos senadores petistas restabelece o valor de R$ 1.006.

Todos os senadores da Bancada do PT subscreveram as duas propostas legislativas. Eles lembram, também, que se fossem preservadas as regras de reajuste estabelecidas pelos governos petistas, o salário mínimo de 2019 seria de R$ 1.198.

A diferença entre o mínimo previsto no Orçamento e o arbitrado por Bolsonaro é de R$ 8. Parece uma quantia pequena, mas representa muito para quem viver e sustenta a família com um salário mínimo, ressaltam os petistas.

“Não é possível que o Congresso que deu reajuste de 16% ao Judiciário não garanta a expectativa de inflação e a recomposição dos resíduos para o salário mínimo”, pondera a senadora e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR). Quase 50 milhões de pessoas têm rendimentos referenciados no salário mínimo e serão prejudicadas se a decisão de Bolsonaro prevalecer.

 

 

Do PT no Senado

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Programa “Future-se” do governo Bolsonaro é uma ameaça à Universidade pública, adverte Margarida Salomão

A deputada Margarida Salomão (PT-MG) fez hoje (19) severas críticas ao programa Future-se,…