Home Portal Notícias Manchetes Posse de Rui Costa marca 12 anos de governos petistas na Bahia

Posse de Rui Costa marca 12 anos de governos petistas na Bahia

5 min read
0

Rui Costa tomou posse do seu segundo mandato como governador do estado da Bahia, nesta terça-feira (1º), na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). A cerimônia comandada pelo presidente da Alba e senador eleito, Angelo Coronel, marca o início do quarto mandato de governadores petistas na Bahia. São doze anos de um governo democrático e popular à frente do Palácio de Ondina, que tem mantido a Bahia na linha de frente dos estados que puxam a retomada do crescimento no País.

Em seu discurso de posse Rui Costa comenta sobre a felicidade de ser “reeleito com a maior quantidade de votos da história política da Bahia, tanto em termos absolutos quanto em percentual de votos válidos” e que esta vitória o enche de orgulho, mas “traz ainda mais responsabilidades”.

“Não tem palavras que consigam descrever o que é ser eleito com 75,5% dos votos válidos”, afirma. Para o governador reeleito é um grande orgulho em ser reconhecido pela imprensa como o governador que mais cumpriu promessas de campanha. Rui firmou o compromisso de que nesta nova gestão estará ainda mais empenhado em realizar os compromissos assumidos com o eleitorado.

Entre as principais frentes de trabalho do governo que se inicia, estão a Ponte Salvador-Itaparica como uma das obras que marcarão os trabalhos do segundo mandato, os investimentos para a dinamização da agroeconômina baiana, com compromisso “ao respeito do meio ambiente e convivência com os biomas, principalmente o semiárido”, afirma. Rui defendeu o compromisso em garantir o acesso universal a água, sobretudo para as regiões do semiárido. Para tanto muito trabalho está sendo realizado em obras de abastecimento e esgotamento sanitário.

Rui também defendeu a importância do enxugamento da máquina estatal e do ajuste fiscal levado a cabo durante a sua gestão. São essas ações que possibilitaram sanar as contas públicas, garantindo o pagamento em dia dos servidores. Em suas palavras, isso “é mais a obrigação” de um governo, “mas é uma obrigação que 18 estados brasileiros não conseguiram cobrir”, pontando que a maioria desses estados possuem arrecadação maior que o dobro da arrecadação da Bahia.

“Sou parte de um projeto comprometido com a democracia, de tal maneira e numa relação tão saudável e produtiva com a sociedade, que só sabemos governar junto as pessoas”, afirma. Ressaltou que “é o governador de todos os baianos” e governará para todos “sem distinção de credo, raça ou posição ideológica”, mas que priorizará os mais fragilizados e os que mais precisam do seu apoio. Antes da posse, em coletiva à imprensa, Rui afirmou que neste segundo mandato o seu compromisso fundamental será com a educação.

Juntamente com Rui, tomou posse para o segundo mandato o vice-governador João Leão. Entre as diversas autoridades presentes na posse, estiveram os senadores Otto Alencar e Walter Pinheiro, a senadora e deputada federal eleita pelo PSB, Lídice da Mata, e o ex-governador e senador eleito pelo PT, Jaques Wagner, assim como o presidente do PT Bahia, Everaldo Anunciação e demais representantes partidários.

 

Por PT Bahia

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 627 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 627 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de São Bernardo do C…