Home Portal Notícias Manchetes Bancada do PT repudia intolerância e violência nos atos de diplomação

Bancada do PT repudia intolerância e violência nos atos de diplomação

3 min read
0

Em nota divulgada nesta quinta-feira (20), a Bancada do PT na Câmara repudia às manifestações de intolerância dirigidas às bancadas do PT e do PSOL nos atos de diplomação dos parlamentares eleitos, em diferentes estados. “Condenamos, em especial, de forma veemente os atos de violência contra os deputados do PT, Beatriz Cerqueira e Rogério Correia ocorridas ontem (19), durante o ato de diplomação no estado de Minas Gerais”, diz o texto assinado pelo líder do PT, deputado Paulo Pimenta (RS).

Confira a íntegra da nota:

 

NOTA DE REPÚDIO

 

A Liderança do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados vem a público manifestar seu repúdio às manifestações de intolerância dirigidas às bancadas do PT e do PSOL nos atos de diplomação dos parlamentares eleitos, em diferentes estados.

Condenamos, em especial, de forma veemente os atos de violência contra os deputados do PT, Beatriz Cerqueira e Rogério Correia ocorridas ontem (19), durante o ato de diplomação no estado de Minas Gerais.

Ao levantarem uma placa escrita “Lula Livre”, a mesma foi arrancada de suas mãos, seguida de agressões físicas desferidas pelo deputado eleito pelo PSL, Junio Amaral.

O Parlamento é a expressão maior de um regime democrático, espaço da pluralidade e da livre expressão, por isso consideramos lamentável atos movidos pelo ódio e pela intolerância.

Reafirmamos o nosso compromisso com a defesa de uma democracia plena em nosso País, que seja representativa da diversidade da sociedade brasileira e garantidora dos direitos civis e políticos de todos.

 

Paulo Pimenta

Líder da Bancada do PT na Câmara dos Deputados

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Núcleo de Educação do PT pede suspensão dos editais do Enem 2020 e defende novo cronograma para o exame

O Núcleo de Educação do PT no Congresso Nacional, em nota publica, defende a imediata susp…