Home Portal Notícias Manchetes Bancada do PT repudia intolerância e violência nos atos de diplomação

Bancada do PT repudia intolerância e violência nos atos de diplomação

3 min read
0

Em nota divulgada nesta quinta-feira (20), a Bancada do PT na Câmara repudia às manifestações de intolerância dirigidas às bancadas do PT e do PSOL nos atos de diplomação dos parlamentares eleitos, em diferentes estados. “Condenamos, em especial, de forma veemente os atos de violência contra os deputados do PT, Beatriz Cerqueira e Rogério Correia ocorridas ontem (19), durante o ato de diplomação no estado de Minas Gerais”, diz o texto assinado pelo líder do PT, deputado Paulo Pimenta (RS).

Confira a íntegra da nota:

 

NOTA DE REPÚDIO

 

A Liderança do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados vem a público manifestar seu repúdio às manifestações de intolerância dirigidas às bancadas do PT e do PSOL nos atos de diplomação dos parlamentares eleitos, em diferentes estados.

Condenamos, em especial, de forma veemente os atos de violência contra os deputados do PT, Beatriz Cerqueira e Rogério Correia ocorridas ontem (19), durante o ato de diplomação no estado de Minas Gerais.

Ao levantarem uma placa escrita “Lula Livre”, a mesma foi arrancada de suas mãos, seguida de agressões físicas desferidas pelo deputado eleito pelo PSL, Junio Amaral.

O Parlamento é a expressão maior de um regime democrático, espaço da pluralidade e da livre expressão, por isso consideramos lamentável atos movidos pelo ódio e pela intolerância.

Reafirmamos o nosso compromisso com a defesa de uma democracia plena em nosso País, que seja representativa da diversidade da sociedade brasileira e garantidora dos direitos civis e políticos de todos.

 

Paulo Pimenta

Líder da Bancada do PT na Câmara dos Deputados

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 395 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 395 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba &#…