Home Portal Notícias Manchetes “Reduzir agrotóxicos é uma questão de saúde pública”, diz Valmir sobre Pnara

“Reduzir agrotóxicos é uma questão de saúde pública”, diz Valmir sobre Pnara

4 min read
0

A aprovação da Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (Pnara), na última terça-feira (4), por comissão especial na Câmara dos Deputados, pode modificar o modo de produção de alimentos saudáveis no Brasil. É no que acredita o deputado baiano Valmir Assunção (PT-BA). Ele defende a produção sem o uso de compostos químicos e aponta que a medida aprovada pode auxiliar a diminuir o consumo de agrotóxicos pelas famílias brasileiras. “É, antes de tudo, uma questão de saúde pública. Uma vitória importante para a democracia no País. Foi um projeto construído pela sociedade e que protege a saúde e a vida das pessoas, pois o uso desses venenos, além de contaminar mananciais vai parar nos pratos de muitas famílias causando diversas doenças, inclusive câncer”, informa Valmir.

Essa proposta que deu origem ao Pnara é da Associação Brasileira de Saúde Coletiva. A política foi aprovada por 18 votos em uma sessão exaustiva. O relatório foi apresentado pelo deputado Nilton Tatto (PT-SP). Agora, a Pnara segue para votação no plenário da Câmara Federal, e deve enfrentar uma batalha contra a bancada ruralista. “Será uma nova luta. A proposta é fruto da participação popular. Quero, inclusive, parabenizar a Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida e, citando a campanha, cumprimentar todas as organizações civis, chefs de cozinha, parlamentares, todos aqueles que se mobilizaram para essa importante conquista”, destaca Assunção.

O Programa Nacional de Redução de Agrotóxico (Pronara) foi que deu origem ao Pnara. Esse programa foi construído no âmbito da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (CNAPO) e foi proposto como um instrumento de incentivo à agroecologia dentro da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica.

No ano de 2016, diferentes organizações da sociedade, reunidas na plataforma #ChegaDeAgrotóxicos, transformaram o programa em projeto de lei, que foi apresentado à Comissão de Legislação Participativa em novembro do mesmo ano, e logo em seguida transformado no PL 6670/2016. A plataforma #ChegaDeAgrotóxicos alcançou 1,5 milhões de assinaturas em defesa da Pnara e contra o famigerado ‘Pacote do Veneno’.

 

Assessoria de Comunicação do Mandato

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

No governo de Bolsonaro, EUA acima de tudo

Em artigo publicado no jornal Gazeta do Povo, na quinta-feira (14), o deputado Zeca Dirceu…