Home Portal Notícias Ana Perugini preside sessão solene em homenagem a Marielle Franco

Ana Perugini preside sessão solene em homenagem a Marielle Franco

4 min read
0

A deputada federal Ana Perugini (PT-SP), presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados, preside nesta quinta-feira (29) a sessão solene de entrega do Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós. A cerimônia vai ocorrer a partir das 9h, no Plenário Ulysses Guimarães, e faz parte das atividades da campanha mundial 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, iniciada no último dia 25 e que se estende até 10 de dezembro.

As cinco vencedoras da edição 2018 do prêmio foram escolhidas pela CMulher, em votação realizada no último dia 7. A honraria é entregue anualmente a mulheres que tenham contribuído para o pleno exercício da cidadania, da defesa dos direitos femininos e das questões de gênero no país.

Durante a sessão, serão homenageadas Alzira Soriano Teixeira (in memoriam), indicada pela deputada Zenaide Maia (PHS-RN); Ana Cristina Ferro Blasi, indicação da deputada Carmen Zanotto (PPS-SC); Marielle Franco (in memoriam), indicada pelos deputados Chico D’Angelo (PDT-RJ), Erika Kokay (PT-DF), Ana Perugini (PT-SP), Benedita da Silva (PT-RJ), Jô Moraes (PCdoB-MG), Luizianne Lins (PT-CE), Maria do Rosário (PT-RS) e Margarida Salomão (PT-MG); Mônica Spada e Sousa, indicação da deputada Keiko Ota (PSB-SP); e Renata Gil de Alcântara Videira, indicada pela deputada Laura Carneiro (DEM-RJ).

Segundo a CMulher, as outras cinco indicadas – Eneida Desiree Salgado, Irmã Lina Maria Ambiel, Junia Marize Azeredo, Maria de Fátima Lodeti Alexandre e Rosalina de Santa Cruz Leite – receberão o certificado de indicação posteriormente.

Além da presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, vão compor a mesa de abertura da sessão o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia; a secretária de Políticas para Mulheres, Andreza Winckler Colatto; a coordenadora da Secretaria da Mulher da Câmara Federal, deputada Soraya Santos; a procuradora da Mulher da Casa de Leis, deputada Gorete Pereira; e a idealizadora do Prêmio Carlota, deputada Laura Carneiro.

Prêmio – Conferido anualmente pela CMulher, o prêmio foi criado há 14 anos, em reverência à médica, escritora, pedagoga Carlota Pereira de Queirós, primeira mulher brasileira a votar e ser eleita deputada federal. Carlota participou dos trabalhos na Assembleia Nacional Constituinte, entre 1934 e 1935 e faleceu em abril de 1982, aos 90 anos.

Assessoria de Comunicação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

CDHM reúne movimentos sociais para elaborar plano de trabalho

Na próxima quarta-feira (27), às 14h, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara …