Home Portal Notícias Wellington Dias vence eleição no primeiro turno e vai governar o Piauí pela quarta vez

Wellington Dias vence eleição no primeiro turno e vai governar o Piauí pela quarta vez

3 min read
0

Com 100% das urnas apuradas o atual governador petista do Piauí, Wellington Dias, foi reeleito para mais um mandato com 55,65% dos votos. Dias obteve 966.469 votos, enquanto seu principal oponente – Dr. Pessoa (Dr. Zezim) do Solidariedade – contabilizou 355.792 votos, ou 20,48%. Os demais candidatos somaram 23,92% (411.340 votos). A exemplo do que já ocorreu nas outras três vezes na qual venceu as eleições para ocupar o cargo máximo no Palácio de Karnak, Wellington Dias novamente venceu no primeiro turno. Ele governou o estado de 2002 a 2010, e foi eleito a terceira vez nas eleições de 2014.

Além das inúmeras ações sociais e investimentos em saúde e educação, o atual governo do petista é reconhecido pelo pesado investimento em obras de infraestrutura e o apoio ao empreendedorismo, aumentando a geração de emprego e renda no Estado.

Junto com Wellington Dias foi eleita a nova vice-governadora, Regina Souza, atual senadora pelo PT do Piauí.

Perfil – Bancário, radialista e escritor, Wellington Dias nasceu em Oeiras (PI). Filho de um caminhoneiro e de uma professora, aos 20 anos, formou-se em Letras pela Universidade Federal do Piauí e especializou-se em Políticas Públicas e Governo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Filiou-se ao PT em 1985, foi integrante da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e presidente da Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal entre 1986 e 1989.

Elegeu-se vereador de Teresina, capital do estado, em 1992. Em 1994, conquistou uma vaga de deputado na Assembleia Legislativa do Piauí, chegando também à presidência do diretório regional do Partido dos Trabalhadores (PT), onde ficou de 1995 a 1997. Em 1998, foi o primeiro deputado federal eleito pelo PT no Piauí.

Em 2002, Wellington Dias foi eleito, também em primeiro turno, governador do Piauí. Quatro anos depois, foi reeleito em 2006. Em março de 2010, deixou o cargo para disputar as eleições ao Senado Federal, sendo eleito com votação histórica (997.513 votos).

Héber Carvalho

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Renda dos trabalhadores cai 20% e inflação de alimentos aumenta

Completa ausência de medidas da área econômica do governo eleva preços de produtos como ól…