Home Portal Notícias Lula Livre Boletim 222 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 222 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

4 min read
0

Boletim 222 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 28/9/2018 – 19h40

 

  1. O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantido como preso político na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, a conceder duas entrevistas à imprensa. Lewandowski argumentou que a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, violou a jurisprudência do STF “ao censurar a imprensa” e negar a Lula o direito de contato com o mundo exterior”. O ministro lembrou que o STF já garantiu diversas vezes o direito de pessoas custodiadas pelo Estado a concederem entrevistas à imprensa. Leia mais: http://www.pt.org.br/lewandowski-autoriza-lula-a-conceder-entrevista-a-folha-de-s-paulo/

 

  1. O bom dia a Lula nesta sexta-feira teve o depoimento emocionante de Talita Sousa, nutricionista de Natal (RN). Antes de puxar a saudação a Lula, Talita contou como os programas sociais do PT ajudaram sua família e contribuíram para que ela chegasse à universidade. Filha de pessoas humildes, Talita elogiou o esforço de Lula para garantir educação aos pobres e reconheceu que conseguiu se formar em Nutrição e fazer pós-graduação na área clínica graças ao ex-presidente e aos programas de governo dele”, afirmou. Saiba mais: http://www.pt.org.br/desabafo-de-estudante-no-bom-dia-da-vigilia-lula-livre-comove-militantes/

 

  1. No meio da tarde aconteceu na Vigília Lula Livre a apresentação do espetáculo O Circo é Nosso, com os atores Ronaldo Pituim e Luz Medeiros, do Núcleo de Cultura do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Foi um momento de descontração para os militantes da resistência. A “paspalhaçada” conta a história de dois palhaços que querem montar um circo, mas não têm recursos para isso.

 

  1. O ato de boa tarde ao ex-presidente Lula nesse 175º dia de resistência democrática em Curitiba foi puxado por Glória Macedo, professora da Universidade de São Paulo (USP). “Estamos todos firmes aqui e vamos continuar lutando”, disse. Ela contou que em São Paulo há inúmeros comitês que promovem reuniões com a população a fim de explicar o que está acontecendo no País. A atividade vespertina teve também a presença de militantes do Ceará e da Bahia.

 

Boletim 222 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 28/9/2018 – 19h40

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Com voto favorável do PT, Câmara aprova a proposta que democratiza a arrecadação do ISS

Plenário da Câmara aprovou nesta segunda-feira (2), com voto favorável da Bancada do Parti…