Home Portal Notícias Lula Livre Notícias - Lula Livre Boletim 183 – Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 183 – Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia

6 min read
0

Boletim 183 – Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 20/8/2018 – 19h40

 

  1. A decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU que garante a Lula o direito de disputar a eleição e participar da campanha eleitoral animou o ex-presidente a seguir na luta até a vitória final. O relato é do candidato a vice-presidente na chapa do PT, Fernando Haddad, após visitar Lula na manhã de hoje (20), juntamente com a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann. Leia mais: http://www.pt.org.br/decisao-da-onu-renova-a-disposicao-de-lula-para-seguir-na-luta/

 

  1. Os advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins, da defesa de Lula, reforçaram que é obrigação do Brasil acatar a decisão liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU a favor do ex-presidente. O próprio ministro Luís Barroso, do STF, reconhece em decisões de sua autoria a importância e a credibilidade do Comitê, afirmou Zanin. Leia mais: http://www.pt.org.br/zanin-diz-que-barroso-ja-reconheceu-a-onu-em-decisoes-anteriores/

 

  1. Em sessão do Parlamento do Mercosul (Parlasul), nesta segunda-feira (20), em Montevidéu, o deputado federal Ságuas Moraes (PT-MT) voltou a denunciar a condição de preso político do ex-presidente Lula. No domingo (19), a Bancada Progressista do Parlasul fez um debate sobre a situação do Brasil e da América Latina, com destaque para a perseguição judicial contra Lula e Cristina Kirchner, senadora e ex-presidenta da Argentina. O Parlasul é composto por parlamentares do Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Venezuela.

 

  1. Hoje, os sete grevistas que completaram em Brasília o 21º dia em greve de fome por justiça no STF receberam a carta de apoio e solidariedades da Comunhão Mundial de Igrejas Reformadas (CMIR) e da Aliança de Igrejas Presbiterianas e Reformadas da América Latina (AMIR), as quais reúnem mais de 100 milhões de fiéis em todo o mundo. O documento informa que ambas as entidades acompanham a decisão da ONU em favor de Lula. Leia a íntegra do documento: http://www.pt.org.br/em-carta-religiosos-se-solidarizam-com-lula-e-grevistas/

 

  1. No domingo, 20, na sede das Nações Unidas, em Nova York, ativistas alertaram que a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU para que Lula possa participar das eleições é mandatória e exigiram do Estado brasileiro o cumprimento da determinação. Os ativistas expuseram uma enorme faixa pedindo a libertação de Lula e o respeito à decisão da ONU.

 

  1. Vladimir Aras, especialista em direito internacional e procurador do Ministério Público Federal, reafirmou o caráter obrigatório da liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU. Aras publicou artigo em que aponta que cabe ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatar a decisão da ONU. Leia mais: https://lula.com.br/procurador-do-mpf-diz-que-tse-tem-que-acatar-a-onu-e-lula-candidato/

 

  1. O ex-presidente Lula recebeu hoje a visita da irmã Jusciêda Araújo Menezes, da Congregação das Irmãs de São Félix de Cantalice. Em encontro com militantes da resistência da Vigília Lula Livre, ela disse que a mensagem de Lula é clara: está inteiro, determinado, mas, “como todo brasileiro, indignado com tudo o que foi feito contra ele, mas sem ódio no coração”. A religiosa frisou a condição de preso político de Lula e disse que “nenhum juiz, nenhum sistema vai apagar sua estrela”.

 

Boletim 183 – Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 20/8/2018 – 19h40

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bolsonaro realiza a profecia do desastre anunciado por todos: desemprego vai a 14,6% no Brasil

O ano de 2020 tem tudo para ser lembrado como o pior da história do País. Dezembro nem com…