Home Portal Notícias Boletim 170 – Haddad e Manuela vão percorrer o Brasil para discutir o Plano Lula de governo

Boletim 170 – Haddad e Manuela vão percorrer o Brasil para discutir o Plano Lula de governo

6 min read
0

Boletim 170 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 7/8/2018 – 20h

 

  1. Após o anúncio da aliança do PT com o PCdoB, que oficializou a chapa Lula-Haddad-Manuela, foi a vez dos porta-vozes do candidato do PT à Presidência darem a primeira coletiva juntos, nesta terça (7). Haddad e Manuela informaram que ainda nesta semana vão iniciar uma série de viagens pelo País para levar a candidatura de Lula a todas as regiões do Brasil e discutir um plano de governo que interrompa os retrocessos do golpe e devolva os direitos e a esperança aos brasileiros. Confira como foi a entrevista: http://www.pt.org.br/haddad-e-manuela-pt-e-pcdob-estao-unidos-para-resgatar-o-brasil/

 

  1. Também nesta terça, Haddad concedeu entrevista coletiva a blogueiros progressistas para falar sobre o Plano Lula de Governo (2019-2022), do qual foi coordenador. O ex-prefeito de São Paulo também comentou os absurdos jurídicos que vêm marcando a injusta prisão de Lula, que hoje completou quatro meses. Leia mais: http://www.pt.org.br/haddad-nao-vamos-esperar-49-anos-pra-globo-pedir-desculpa-a-lula/

 

  1. Os sete militantes que estão em greve de fome em prol da libertação de Lula e contra os retrocessos implementados pelo governo Michel Temer protocolaram na tarde desta terça-feira (7) pedidos de audiência com cada um dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Eles querem que a Suprema Corte marque o julgamento das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) 43 e 44 a fim de suspender a execução antecipada da pena após condenação em segunda instância. São milhares de brasileiros nesta situação, inclusive o ex-presidente Lula. Saiba mais: https://ptnacamara.org.br/portal/2018/08/07/mais-uma-vez-barrados-no-stf-militantes-em-greve-de-fome-pedem-audiencia-com-ministros/

 

  1. Na Vigília #LulaLivre, em Curitiba, antes do “boa tarde” ao ex-presidente Lula, os militantes agradeceram com uma salva de palmas aos sete guerreiros em greve de fome por Justiça no STF. “Hoje faz oito dias que nossos companheiros estão em greve de fome em Brasília. É importante lembrar os espaços de luta e resistência em nosso País”, disse Rosane Silva, integrante da coordenação da Vigília. A saudação vespertina a Lula contou com o reforço de 40 militantes do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais.

 

  1. As políticas sociais e educacionais dos governos do PT beneficiaram uma geração de jovens que agora lutam para que todos voltem a ter as oportunidades que eles tiveram. É o caso de Renato Freitas, militante do movimento negro e por moradia na Região Metropolitana de Curitiba que participou nesta terça-feira (7) de atividades na Vigília Lula Livre. Leia mais: http://www.pt.org.br/sou-fruto-da-politica-de-cotas-raciais-diz-renato-freitas/

 

  1. Deputados do PT reforçaram o pedido de libertação do ex-presidente Lula depois que a Interpol constatou que o juiz Sérgio Moro é parcial, desobedece a Constituição brasileira e a Declaração Internacional dos Direitos Humanos. “Se a própria Interpol tirou Tacla Durán da sua lista pela parcialidade de Moro, por que a Justiça brasileira não tira Lula da cadeia pelo mesmo motivo?”, questionou o deputado Paulo Teixeira (PT-SP). Leia mais: https://ptnacamara.org.br/portal/2018/08/07/interpol-escancara-parcialidade-de-moro-e-petistas-reforcam-pedido-de-libertacao-de-lula/

 

Boletim 170 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 7/8/2018 – 20h

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

“Medida de Bolsonaro é genocida”, afirmam Chioro e Pedro Tourinho à TV PT

O Brasil foi surpreendido, na noite desta quinta-feira (26), com uma das ações mais absurd…