Home Portal Notícias Lula Livre Marcha Nacional Lula Livre será lançada quarta-feira na Liderança do PT

Marcha Nacional Lula Livre será lançada quarta-feira na Liderança do PT

6 min read
0

A Bancada do PT na Câmara realiza nesta quarta-feira (8) um café da manhã com movimentos sociais e parlamentares para o lançamento da Marcha Nacional Lula Livre, que será realizada de 10 a 15 de agosto, com destino a Brasília. A marcha é uma mobilização de vários setores da sociedade como o objetivo central de marcar posição em defesa da libertação do ex-presidente Lula e, também, pelo seu direito de ele ser candidato à Presidência da República. “Milhares de brasileiros estarão na capital federal no dia 15 de agosto para acompanhar o registro da candidatura Lula Presidente”, afirmou o líder do PT, deputado Paulo Lula Pimenta (RS).

O líder petista enfatizou que a candidatura de Lula, com Haddad de vice e coligação do o PCdoB, foi homologada pelo Partido dos Trabalhadores nesse fim de semana. “Agora é intensificar a mobilização para garantirmos a eleição de Lula ainda em primeiro turno, porque só ele é capaz de tirar o Brasil da crise política, social e econômica”, reforçou.

Para o café da manhã, marcado para as 9h, na Liderança do PT, o Núcleo Agrário da Bancada convidou integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), do Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), da Fetraf, da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e da  Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq).

Marcha Lula Livre – Os movimentos sociais estão organizando três colunas de militantes de todos os cantos do País, que se concentrarão e deslocarão para a capital federal vindos de Formosa, em Goiás; de Luziânia, também em Goiás; e do Engenho das Lages, no Distrito Federal. A programação prevê que as três colunas entrarão simultaneamente em Brasília, no dia 15, data marcada para o registro da candidatura de Lula à Presidência.

Faz parte ainda das mobilizações que antecedem o registro da candidatura de Lula a greve de fome de seis integrantes dos movimentos sociais. Também já estão em Brasília os integrantes da Caravana do Semiárido contra a Fome, que percorreram 4 mil quilômetros pelos estados de Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, e protocolam na manhã desta terça-feira (7), no Supremo Tribunal Federal, documento contra os retrocessos do governo ilegítimo de Michel Temer e em prol da libertação do ex-presidente Lula.

Também na terça-feira (7), das 11h30 às 13h, haverá uma audiência pública do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional com os integrantes da Caravana. O debate será no plenário 2, da Câmara dos Deputados.

Dia do Basta – No dia 10 de agosto, está programado o Dia do Basta, organizado pelas centrais sindicais e capitaneado pela CUT. “É um dia de paralisação em defesa do emprego, da aposentadoria e dos direitos trabalhistas, por justiça e pela libertação do ex-presidente Lula”, afirma Vagner Freitas, presidente da central. As atividades do Dia do Basta contam com o apoio das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, formadas por centenas de movimentos sociais, centrais sindicais e partidos políticos.

Vânia Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PIB cai 1,5% e fracasso, enfim, sobe à cabeça de Guedes

Ministro da Economia admite agora que economia brasileira não vinha bem. “A impressão que …