Home Portal Notícias Manchetes Petistas repudiam ação de Temer de acabar com área de pesquisa e extensão no País

Petistas repudiam ação de Temer de acabar com área de pesquisa e extensão no País

7 min read
0

Vários deputados da Bancada do PT na Câmara dos Deputados criticaram nesta sexta-feira (3) a intenção do governo ilegítimo e golpista de Michel Temer de praticamente acabar com a área de pesquisa e extensão no País, ao reduzir investimentos em bolsas de pós-graduação, mestrado e doutorado e sentenciar o setor a uma completa paralisia a partir do próximo ano.

A crítica acontece após divulgação de uma nota, do Conselho Superior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Endereçada ao Ministério da Educação (MEC), o texto alerta que o corte no orçamento da entidade deve acarretar suspensão das bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a partir de agosto de 2019. Segundo a nota assinada pelo próprio presidente da Capes, Abílio Neves, 93 mil estudantes e pesquisadores podem ser afetados.

O corte orçamentário também afetará cerca de 105 mil bolsistas da Capes ligados à Formação dos Profissionais da Educação Básica e outros 245 mil participantes do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) e do Programa de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Rede Pública de Educação Básica (ProEB). Ainda serão prejudicados os programas de cooperação internacional da instituição.

Para os deputados petistas, esta ameaça de corte é mais uma prova da falta de compromisso do governo ilegítimo de Temer com a educação brasileira, principalmente com o desenvolvimento científico e tecnológico do País.

Leia abaixo algumas declarações de deputadas e deputados petistas no Twitter:

Celso Pansera (RJ), ex-ministro da Ciência e Tecnologia no governo da presidenta Dilma Rousseff: “Temer dá mais um golpe na educação! É inaceitável o corte de bolsas da Capes! Comunidade científica precisa intensificar sua mobilização!”.

Margarida Salomão (MG), presidenta da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara: “Não havendo bolsa para pós-graduação, mestrado e doutorado não teremos pesquisa, muito menos universidade. Vejam a que ponto chegou esse governo golpista”, lamentou.

Jorge Solla (BA): “As bolsas dos estudantes e pesquisadores serão rifadas para pagar as promissórias em branco que Michel Temer precisou assinar para derrubar Dilma. É exatamente assim! O golpe é um poço sem fundo de desgraças!”.

Henrique Fontana (RS): “Mais uma consequência do golpe! Presidente da Capes anuncia que as bolsas para pesquisas podem ser suspensas a partir de agosto de 2019. Atacar a educação é atacar o futuro do país!”.

Marco Maia (RS): “Olha aí o preço do golpe! O presidente da Capes afirma que, com a proposta orçamentária de Temer, todas as bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado do Brasil deixarão de ser pagas em agosto de 2019”.

Bohn Gass (RS): “Golpistas cortaram verbas da educação superior. Para eles, só estuda quem tem dinheiro”.

Reginaldo Lopes (MG): “O ataque de Temer aos alunos e à educação brasileira é um absurdo, destruir a pós-graduação brasileira é um crime de lesa-pátria. Precisamos, de maneira urgente, de um governo popular, eleito e que valorize o investimento social”.

Maria do Rosário (RS): “É inadmissível que um governo ilegítimo condene o futuro do Brasil e da educação brasileira. Somente um governo eleito, que valorize a educação e tenha dimensão da importância do investimento social, pode reverter essa dramática situação”.

Zeca Dirceu (PR): “Isso vai destruir tudo que construímos ao longo dos anos, de ampliação do acesso ao ensino. O governo deve uma explicação e tem que revogar qualquer medida que prejudique estudantes e educadores”.

Carlos Zarattini (PT-SP): “É o resultado da Emenda Constitucional 95, que congelou por 20 anos nos investimentos em educação, saúde e segurança. Precisamos revogar já essa emenda!”

 

Héber Carvalho

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 576 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 576 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba – 19/9/2…