Home Portal Notícias Lula Livre Boletins Boletim 139 – Militantes distribuem em Curitiba Carta de Lula ao Povo Brasileiro

Boletim 139 – Militantes distribuem em Curitiba Carta de Lula ao Povo Brasileiro

7 min read
0

Boletim 139 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 7/7/2018 – 20h00

1. O sábado que marca três meses de resistência democrática na Vigília #LulaLivre começou com o “Bom Dia” ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a saudação reforçada por professores, estudantes e militantes de Londrina (PR), Piracicaba (SP) e Rio Negrinho (SC). Manoel Antônio Roque, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em Rio Negrinho, destacou que a Vigília é uma referência para denunciar a prisão política e arbitrária de Lula, além de permitir a troca de experiências entre pessoas de diferentes entidades e movimentos sociais para reforçar a luta pelos direitos do povo brasileiro.

2. Pela manhã, militantes do MST e da Frente de Luta por Moradia (FLM) do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul distribuíram um jornal com a Carta de Lula ao Povo Brasileiro, na Rua XV de novembro, em Curitiba. Na avaliação dos militantes, a receptividade das pessoas foi positiva, pois comparam os avanços ocorridos com o governo Lula (2003/2010) e os retrocessos de toda ordem praticados pelo governo atual, que afunda o Brasil numa crise econômica e social sem precedentes. A carta, que mostra os avanços econômicos e sociais que o Brasil teve com Lula, pode ser lida pelo link abaixo:
http://www.pt.org.br/carta-de-lula-ao-povo-brasileiro-ganha-nova-versao-grafica/

3. Hoje, na Vigília na praça Olga Benário, houve debate sobre a importância de se construir uma comunicação alternativa aos grandes conglomerados privados do setor, de forma a permitir uma narrativa plural que reflita os interesses da maioria da população, sem o viés de interesses econômicos e comerciais da mídia tradicional. O debate foi conduzido por Pedro Carrano, jornalista do jornal Brasil de Fato e integrante da Frente Brasil Popular.

4. Hoje foi dia de festa para os integrantes e amigos do MST. O movimento celebrou neste sábado (7) os três anos do acampamento Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu (PR). Mais de dez mil pessoas participaram do evento, que contou com a presença do Frei José Fernandes, do senador Roberto Requião (PR), do líder do MST João Pedro Stédile e da senadora e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR). O evento serviu para ressaltar a importância da luta pela reforma agrária. Gleisi defendeu a libertação de Lula e frisou que ele é o caminho para o Brasil retomar o crescimento com justiça social. Leia mais:

http://www.pt.org.br/mst-comemora-3-anos-de-luta-e-resistencia-em-quedas-do-iguacu/

5. À tarde, na praça Olga Benário, houve uma roda de conversa sobre as perspectivas da democracia na América Latina com o jornalista e pesquisador da USP Marco Piva. Ele qualificou a eleição de Manuel Lopes Obrador à presidência do México como positiva para a reaglutinação e a integração das forças democráticas na América Latina.

6. O “Boa Tarde” ao ex- presidente Lula teve a participação de militantes do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Ceará. “Não vão prender a esperança e a força de vontade de continuar lutando por esse nosso País”, disse a militante Socorro de Freitas, de Fortaleza, ao denunciar a prisão arbitrária de Lula e defender seu nome como candidato à Presidência da República para tirar o Brasil do atoleiro econômico e social em que se encontra. As atividades da Vigília encerraram-se com o costumeiro “Boa Noite” a Lula.

Boletim 139 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 7/7/2018 – 20h00

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Juristas pedem prisão de Moro e procuradores por trama contra a democracia e as leis

O Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia (CAAD) protocolou na noite de sábado (15)…