Home Portal Notícias Petistas exaltam que absolvição de Gleisi é uma goleada contra abusos da Lava Jato

Petistas exaltam que absolvição de Gleisi é uma goleada contra abusos da Lava Jato

10 min read
0

A vitória da presidenta nacional do PT e senadora Gleisi Hoffmann (PR) na segunda turma do Supremo Tribunal Federal foi uma “goleada” contra os abusos da Lava Jato. A avaliação é do deputado Wadih Lula Damous (PT-RS), que fez uma transmissão ao vivo no Facebook, ao lado líder do partido na Câmara, deputado Paulo Lula Pimenta (RS), comentando o julgamento imposto a Gleisi pela Procuradoria-Geral da República.

Na avaliação do líder Pimenta, tão importante quanto o resultado do julgamento que absolveu a senadora Gleisi, foi a palavra de todos os ministros do STF de que delação sem prova não vale nada. “Que decisão histórica, Gleisi inocentada das acusações que foram baseadas apenas em delações premiadas, sem qualquer prova. E mais, os cinco ministros afirmaram que delação sem prova não é nada. Isso cria um divisor de água. Abre um leque de possibilidades. A decisão dá esperança de que a Justiça pode fazer justiça”, afirmou.

Para Wadih Damous, após a repercussão mundial da prisão do ex-presidente Lula, os abusos da Lava Jato ficaram conhecidos e a maioria do STF passou a se preocupar com a credibilidade da Corte. Com isso, avaliou, os ministros iniciaram um claro movimento para conter os procuradores que abusam de delações premiadas para denunciar políticos e empresários.

Foto: Magno Romero

Pimenta e Damous citaram ainda que a primeira vitória sobre a Lava Jato ocorreu na semana passada, quando o STF vetou as conduções coercitivas. E agora, a absolvição de Gleisi, confirma o que sempre defenderam: delações sem provas não devem ser usadas para condenar uma pessoa. Damous frisou que a chamada República de Curitiba, na opinião dos deputados, ainda vai acabar “no banco dos réus” por causa do modus operandi adotado nos processos contra Lula e outros petistas.

E o líder Paulo Pimenta também cobrou pedido de desculpas de quem atacou a senadora Gleisi com base em delações sem provas.

A deputada Benedita Lula da Silva (PT-RJ), também participou da conversa com Pimenta e Damous, e destacou que a justiça foi feita com a absolvição da senadora. “Estamos a um passo de Lula Livre, e de que essa CPI para investigar a corrupção nas delações funcione. Precisamos fazer esta investigação para que o povo brasileiro possa entender que delação sem prova não vale para condenação de ninguém”.

Twitter – A absolvição da senadora Gleisi, o sentimento de que se fez justiça foi manifestado pela maioria dos parlamentares da Bancada do PT nas suas redes sociais. O deputado Luiz Lula Couto (PB) escreveu: “Supremo começou a pôr fim nos abusos da Lava Jato” e o deputado Helder Salomão (ES) destacou: “Solidariedade à companheira Gleisi que mesmo absolvida pela justiça, foi caluniada e condenada por setores da imprensa”.

O deputado Celso Pansera (RJ) considerou que foi a vitória da verdade e destacou que “alguns jornais noticiaram o julgamento da senadora Gleisi em manchete e corpo 36, mas sua absolvição não mereceu o mesmo espaço e ficou escondida no pé de página. Democratização Já!”

Vitoria, escreveu em seu twitter em letras garrafais a deputada Margarida Lula Salomão (MG), acrescentando que “vence o Estado Democrático de Direito, é derrotado o esquema mídia-Ministério-Público-Judiciário de destruição de biografias”.

Foto: Magno Romero

Para a deputada Ana Perugini (SP), “enfim o STF reconheceu a inocência da presidenta do PT” e afirmou: “Só Lula poderá pacificar o Brasil. A justiça precisa corrigir esse erro histórico da democracia no Brasil”. E o deputado Pepe Lula Vargas (RS) frisou que foi a vitória da verdade. “Seguimos na Luta e na Resistência #SomosTodosGleisi”.

O deputado Reginaldo Lula Lopes (MG) escreveu que a senadora, “com muita coragem, tem sido uma guerreira na denúncia desse processo golpista”. “Tem meu respeito e admiração e muitos a devem um pedido de desculpas. Justiça feita”.  E para o deputado Marco Lula Maia (RS) é uma injustiça a menos! “Finalmente a Justiça acordou de um sono profundo. Já estava mais que escancarada a perseguição política. A máquina de moer reputações engasgou na hora de devorar Gleisi”.

A deputada Erika Lula Kokay (DF) anotou que foi uma vitória da justiça: “O STF atesta a inocência de Gleisi. Aos poucos parece que o Supremo vai deixando de ser coveiro do Estado Democrático de Direito para retomar seu papel de guardião da Constituição. Resta anular a prisão política de Lula!”.

O deputado Décio Lula Lima (SC) sublinhou que “as garras da maldade felizmente foram tiradas dos caminhos da grande brasileira Gleisi” e acrescentou que foi “uma vitória que abre esperanças para o povo brasileiro”. E a deputada Maria do Rosário Lula (RS) disse que Gleisi foi absolvida porque é inocente. E enfatizou que Lula também é inocente.

O deputado Jorge Solla (BA) escreveu que “diante do STF, as convicções do MP não se sustentaram e Gleisi se livrou da acusação absurda de corrupção”. Ele questionou ainda: “Quem vai assumir a conta dos meses de execração pública, injusta e covarde? Quem?”.

Os deputados João Lula Daniel (SE), Afonso Lula da Silva (BA), José Lula Mentor (SP), Paulo Lula Teixeira (SP), Leo de Brito Lula (AC), Zé Geraldo Lula (PA), José Lula Guimarães (CE), Carlos Lula Zarattini (SP) e Valmir Assunção (BA) também usaram suas contas no twitter para se solidarizar com a senadora Gleisi e enfatizar que venceu a verdade e a justiça.

Foto: Magno Romero

PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Deputado do PSL vandaliza exposição da Consciência Negra; petistas cobram providências da Casa

Os deputados petistas Nilto Tatto (SP) e Valmir Assunção (BA) denunciaram há pouco, em ple…