Home Portal Notícias Pimenta cobra solução para grave crise que Brasil enfrenta

Pimenta cobra solução para grave crise que Brasil enfrenta

5 min read
0

O líder do PT, deputado Paulo Lula Pimenta (RS), cobrou da tribuna da Câmara uma solução para o grave momento que o Brasil vive, com a greve dos caminhoneiros, que já dura oito dias. Ele criticou também a extrema direita do País, que tenta se apropriar do movimento dos trabalhadores para pedir a volta da ditadura militar. “Essa não é a pauta dos caminhoneiros, que luta por melhores condições de trabalho, por preço justo do diesel e por equilíbrio nos fretes”, afirmou.

Paulo Pimenta hipotecou solidariedade aos caminhoneiros e disse que a Bancada do PT defende mudança na política de preços da Petrobras, para reduzir o valor do diesel, da gasolina e também do gás de cozinha. “A política de Temer foi entregar o comando da Petrobras ao Pedro Parente, ao representante do mercado financeiro que patrocinou o golpe. Ele (Parente) tem desenvolvido uma política criminosa, dolarizada, contrária aos interesses da população brasileira e em favor das petrolíferas internacionais”, acusou Pimenta, pedindo a demissão imediata de Pedro Parente do comando da estatal.

O resultado dessa política desastrosa e antinacional, lembrou o líder do PT, são cerca de 1,4 milhões de família que já voltaram a cozinhar no fogão a lenha, porque não conseguem mais comprar um botijão de gás.

Paulo Pimenta enfatizou que o maior acionista da Petrobras é o Brasil, portanto, o seu lucro deveria servir para estabilizar o preço dos combustíveis, para garantir que o petróleo não seja apropriado por uma minoria de acionistas internacionais. Ele relembrou ainda que a primeira medida aprovada pela Câmara, depois do golpe que retirou a presidente eleita Dilma Rousseff do poder, foi o projeto do senador tucano José Serra (SP), que mudou as regras para a exploração do pré-sal.

O líder citou ainda a medida provisória que ficou conhecida como a MP do Trilhão, que concedeu isenção fiscal de R$ 1 trilhão, durante 20 anos, para petroleiras estrangeiras. “O governo golpista abriu mão de R$ 1 trilhão em favor de empresas multinacionais. Esses recursos poderiam, agora, garantir o preço justo dos combustíveis, com redução do preço do diesel, da gasolina e do gás de cozinha”, reforçou.

Vergonha – Na avaliação do deputado, muitos que apoiaram o golpe contra a presidenta Dilma hoje devem estar envergonhados com a delicada conjuntura do País. “E não é só pela política de preços da Petrobras, é pelo congelamento dos investimentos sociais, que já trouxe milhões de brasileiros para a miséria, é pelas pessoas que perderam o poder de compra, é pelo aumentou da mortalidade infantil. É esse o resultado do golpe”, lamentou.

Para o líder do PT, os paneleiros que vestiram a camisa verde e amarela sabem do erro que cometeram. “Eles deveriam pedir desculpas a Dilma, dizer que foram enganados pela Rede Globo”, sugeriu Paulo Pimenta. Ele encerrou pedindo eleições limpas, nas quais todos tenham o direito de se candidatar. “Que Lula possa se candidatar, e o povo soberanamente possa escolher o seu futuro”, concluiu.

Vânia Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

TCU determina que Ministério da Saúde apresente plano estratégico de combate à pandemia

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nessa quarta-feira (21), que o Ministério d…