Home Portal Notícias Manchetes Paulo Teixeira aciona MP para apurar venda da Eletropaulo

Paulo Teixeira aciona MP para apurar venda da Eletropaulo

5 min read
0

O deputado Paulo Lula Teixeira (PT-SP) – por meio de duas representações protocoladas no Ministério Público Federal e no Ministério Público do Estado de São Paulo – provocou ontem os dois órgãos a apurar as circunstâncias em que ocorre neste momento a venda do controle acionário da empresa, bem como a se inteirar dos precários serviços prestados pela Eletropaulo, cobrando responsabilidade dos entes federal e estadual por essa situação.

Paulo Teixeira pediu também que se investigue a preferência pelo leilão público da empresa em detrimento da emissão primária de ações que representaria um aporte de R$ 1,5 bilhão no caixa da Eletropaulo. Em discurso no Plenário da Câmara, disse nesta terça-feira (22) não ser “possível que um governo unicamente preocupado com suas contas dê de ombros para o destino da maior cidade, da maior região metropolitana do País”.

O processo de venda da Eletropaulo entra na reta final nesta quinta-feira (24), quando os pretendentes devem apresentar seus lances para a compra da empresa. “O governo federal se satisfaz em entregar o controle da empresa pela melhor oferta, apurada em leilão público, sem saber qual é o passado dessa empresa, quais são as suas intenções e as suas propostas de investimento, se está envolvida em escândalos internacionais e como é o seu comportamento em países onde atua”, criticou.

Afirmou que era inadmissível assistir, sem reação, a um confronto de capitalistas, para ter o controle de um serviço estratégico, sem a cobrança de garantias. “As empresas competidoras devem ser chamadas a dar explicações sobre seus planos com relação à empresa que querem controlar. Uma delas deve ainda dar explicações sobre as acusações que pesam contra ela e que já lhe valeu uma denúncia na Comissão da Comunidade Europeia, em Genebra, por práticas abusivas”, reivindicou.

Serviços precários – Sobre a precariedade dos serviços atualmente prestados pela Eletropaulo, Paulo Teixeira apontou que tanto o governo federal como o estadual são responsáveis pelo quadro de descaso com a população paulista. “Afinal, o governo federal é sócio da Eletropaulo, com 25% das ações, e o governo do estado é o poder concedente da distribuição de energia. Os dois são responsáveis pela atual situação e não podem ficar lavando as mãos ou esfregando-as, imaginando apenas o tilintar das moedas”, destacou.

A empresa distribui energia para mais de 18 milhões de pessoas no estado de São Paulo, atendendo a capital e outros 23 municípios. O parlamentar dimensionou que o desleixo da empresa com a cidade e com a região metropolitana de São Paulo “beira o caos”. “Cabos e equipamentos estão pendurados ao relento, em postes, em visível estado de deterioração. Os cortes de energia são frequentes e intempestivos. Às vezes uma chuva, às vezes nada, isso leva ainda mais insegurança à população, principalmente da periferia da cidade de São Paulo”, alertou Paulo Teixeira.

PT na Câmara

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Projeto susta ato do Executivo que reclassifica nível de toxicidade de agrotóxicos

O Projeto de Decreto Legislativo 616/19 pretende tornar sem efeito o ato do Ministério da …