Home Portal Notícias Lula Livre Boletins Boletim 71 – Lula promete abraçar cada um da vigília quando sair da PF

Boletim 71 – Lula promete abraçar cada um da vigília quando sair da PF

4 min read
0

Boletim 71 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 10/05/2018 – 22h15

1- O Secretário Nacional de Finanças e Planejamento do PT, Emídio de Souza, e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, visitaram o ex-presidente Lula na Superintendência da Polícia Federal nesta quinta-feira (10). Por intermédio de ambos, Lula mandou um recado à Vigília: ele vai abraçar cada um quando sair da PF. “Ao invés de ficar prostrado sem reação, Lula quer mostrar ao País e ao mundo que sua inocência se transforma cada vez mais em energia”, disse Emídio.

2-Lula enviou uma carta ao Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). Na mensagem, ele recordou que quando começou a planejar as caravanas pelo Brasil, o MAB o visitou e ajudou com informações e propostas. E escreveu: “A partir daí, estivemos cada vez mais unidos para lutar por um Brasil mais justo e soberano”. A carta pode ser lida pelo link abaixo:
http://www.pt.org.br/lula-envia-carta-ao-movimento-dos-atingidos-por-barragens-mab/

3-Clara Ant e Márcia Lopes, do Instituto Lula, participaram do “Democracia em Rede”, transmitido da Casa da Democracia, em Curitiba. De acordo com elas, os procuradores da Lava Jato querem asfixiar o Instituto Lula a partir do arbitrário bloqueio de suas contas e da criminalização de suas atividades. Mesmo com as arbitrariedades e perseguição da Lava Jato, ambas garantiram que Instituto vai continuar funcionando como um “observatório de políticas públicas à disposição do Brasil”.

4- O coordenador do Programa de Governo Lula, Renato Simões, o coordenador nacional do MST, Roberto Baggio, a vice-presidente da UNE, Jessy Daiane, e a ex-ministra da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Fome Márcia Lopes participaram do debate “Redução das Desigualdades na Construção da Nação Brasileira”. Foi o segundo de cinco encontros previstos para discutir o Programa Lula de Governo. O tema foi a redução da desigualdade social e o combate à pobreza, ações que tornaram os governos do PT referência mundial.

5- Lula e o PT receberam hoje a solidariedade de parlamentares do Partido dos Trabalhadores da Argélia, incluindo Djelloul Djoudi, líder da bancada parlamentar do partido, e Youssef Ramdane Tazibt, deputado da sigla. Segundo os parlamentares argelinos, o juiz Sergio Moro ficou conhecido por seu ódio a Lula e ao PT. E lembraram que o próprio juiz, que se intitula arauto da moralidade, recebe um salário acima do teto autorizado pela Constituição brasileira, numa flagrante ilegalidade.

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 71 – 10/05/2018 – 22h15

Leia aqui versão em inglês do boletim. 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Petistas questionam no Ministério Público transferência do acervo da Fundação Palmares para prédio com avarias

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara entraram com ações na Procuradoria-Geral da Repúb…