Home Portal Notícias Lula Livre Boletins Boletim 43 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 43 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

6 min read
0

Direto de Curitiba – 23/4/2018  22h45

1) O Diretório Nacional do PT, reunido em Curitiba nesta segunda-feira, em resolução afirmou que não se poderá falar em Justiça, nem em democracia enquanto ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estiver preso. O partido afirmou que “a liberdade do ex-presidente Lula tornou-se questão central para a retomada do processo democrático no Brasil” e reiterou que o ex-presidente foi “condenado sem provas, por juízes parciais, que sequer conseguiram apontar o crime” que ele tenha cometido. O Diretório Nacional também reiterou que Lula é o candidato do partido para disputar as eleições presidenciais deste ano.

 

2)            A presidenta eleita do Brasil, Dilma Rousseff, foi impedida de visitar o ex-presidente Lula na sede da Polícia Federal por decisão da juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba. Dilma criticou a decisão da juíza e lembrou que até na época da ditadura militar os detidos contavam com a possibilidade de receber parentes, amigos e advogados. Dilma afirmou que Lula é um preso político, condenado sem provas, e lamentou a atuação da Justiça em Curitiba: “Lutamos muito pela democracia, portanto ela tem um valor especial. Assim, temos que ficar atentos como opera a Justiça. Hoje foi Lula, amanhã pode ser qualquer cidadão ou cidadã”.

 

3)            A Comissão Externa da Câmara criada para inspecionar as instalações da Sede da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está detido, confirmou que realizará a tarefa amanhã,24, às 11h, a despeito de proibição dada pela juíza Carolina Lebbos.  A informação foi dada pelo coordenador da Comissão, deputado Paulo Lula Pimenta (PT-RS). O parlamentar afirmou que em nenhum momento a Comissão solicitou à juíza autorização para a inspeção, apenas comunicou e pediu a ela providências para a realização da tarefa, pois se trata de prerrogativa constitucional da Câmara dos Deputados formar comissões externas para verificar condições carcerárias em todo o País A delegação é formada por Pimenta e outros 12 deputados.

 

4)            Continuam ocorrendo em todo o mundo atos de condenação à prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta segunda-feira, em vários países houve manifestações denunciando a arbitrariedade do juiz Sérgio Moro, que condenou Lula sem provas, e defendendo a libertação do ex-presidente. Nesta segunda-feira, em Londres, Inglaterra, o sindicato Trades Union Congress (TUC) tentou entregar uma carta ao embaixador do Brasil no país, mas não foi recebido. O documento foi deixado na porta do prédio. No domingo, durante a Maratona de Londres, militantes levaram cartazes exigindo a liberdade de Lula.

 

5)            Solidariedade a #LulaLivre em Washington, EUA. Representantes dos maiores sindicatos dos Estados Unidos e Canadá, entre eles Cathy Feingold e Brian Finnegan (AFL-CIO) e Darius Sivin (International Union, UAW), entregaram nesta segunda-feira  carta de protesto contra a prisão de Lula ao cônsul brasileiro na capital dos EUA. O ato contou com o apoio de diversos sindicatos e movimentos populares dos Estados Unidos. Em San Salvador, capital de El Salvador, também ocorreu manifestação em frente à embaixada do Brasil.

 

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 43 – 23/04/2018 – 22h45

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Deputados criticam revisão de formulário autodeclatório para agricultor familiar

Deputados e representantes do setor questionam o excesso de informações exigidas e critica…