Home Portal Notícias Lula Livre Imagens do tríplex destroem narrativa criada por Moro para prender Lula

Imagens do tríplex destroem narrativa criada por Moro para prender Lula

4 min read
0

Mentira tem pernas curtas, já diz o velho ditado popular. A população brasileira finalmente assistiu às imagens que desmontam a farsa do “tríplex do Lula”, criada pelo juiz Sérgio Moro – o dono da Lava Jato – para justificar a caçada implacável contra o ex-presidente. A palavra “tríplex” denota pompa, riqueza e extravagância, mas não foi isso que revelaram as imagens do apartamento de 215m² feitas pelos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) que ocuparam o imóvel na segunda-feira (16).

Imagem – segundo narrativa justiça/imprensa – do que seria a sala do “tríplex” do Lula

Os vídeos feitos pelo MTST mostram um apartamento caindo aos pedaços, com piso de cerâmica (nem era de porcelanato), pia e armários da cozinha de qualidade duvidosas para um imóvel dito de luxo, uma piscina que mais parece uma banheira, quiçá um tanque de paredes azuis. Essa discrição nos remonta para o ano 2016, quando em uma reportagem, o criminalista e ex-governador do Rio de Janeiro Nilo Batista batizou o imóvel de “tríplex Minha Casa Minha Vida”.

Cozinha de “luxo” com móveis que teriam custado, juntamente com os do quarto, R$ 380 mil

A farsa montada pelo juiz de Curitiba foi sustentada por setores da mídia que deram suporte à trama montada pelos algozes do ex-presidente Lula. Fotos publicadas em uma reportagem do site R7, de 12 de julho de 2017, cujo título era “Causa da condenação do Lula: conheça o tríplex do Guarujá” (estranhamente retirada do site no dia de hoje) mostram um imóvel suntuoso, com móveis luxuosos – metros quadrados valiosos, dignos de pessoas abastadas. Tudo enganação para cunhar no imaginário popular que o ex-presidente o adquiriu de forma ilícita e por isso deveria ser penalizado.

Outra tomada do que seria o apartamento de luxo de frente para o mar

Ao se posicionar sobre o fato em suas redes sociais, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) questionou: “Alguém consegue ver uma reforma de R$ 1,2 milhão no imóvel? R$ 320 mil só com os móveis da cozinha?”. “Não deixe que o ódio te cegue. Moro acusa o presidente Lula com base em delações sobre supostos R$ 2 milhões gastos para reformar o apartamento, incluindo “cozinha de luxo” e até mesmo um elevador privativo. Onde está essa reforma? O vídeo da ocupação desmoraliza a farsa do processo do tríplex”, afirmou o deputado fazendo referência ao vídeo produzido pelos integrantes do MTST.

Benildes Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Projeto susta ato do Executivo que reclassifica nível de toxicidade de agrotóxicos

O Projeto de Decreto Legislativo 616/19 pretende tornar sem efeito o ato do Ministério da …