Home Portal Notícias Lula Livre Acampamento é montado também em Brasília para pressionar por “Lula Livre”

Acampamento é montado também em Brasília para pressionar por “Lula Livre”

2 min read
0

Nesta quarta-feira (11), a Frente Brasil Popular iniciou o Acampamento Lula Livre, montado no gramado do Teatro Nacional. Cerca de 500 integrantes de movimentos sociais de todo País iniciam o acampamento, que deverá crescer ao longo dos próximos dias. A ação se soma ao acampamento de mesmo caráter em Curitiba.

“Buscamos chamar atenção da sociedade para a arbitrariedade na prisão do Presidente Lula, condenado sem provas pelo juiz Sérgio Moro. Sua prisão, mesmo sem ter se esgotado todos os recursos de 2ª instância, representa uma nítida violação a direitos fundamentais. Além disso, prender Lula é a demonstração do ataque de setores conservadores da sociedade brasileira ao pensamento de esquerda e às organizações populares”, afirma Marco Baratto, integrante da direção nacional do MST.

Formação política, palestras e protestos públicos são previstos na programação do Acampamento em Brasília. Não há previsão de retorno dos militantes aos estados de origem.

Massacre de Carajás – O Acampamento Lula Livre também compõe a Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, do MST. Em 2018, completa-se 22 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás. Nesta terça-feira (10), ocupações de terra em todo País deram início à Jornada, sob o lema “Eldorado dos Carajás – 22 anos de impunidade: Reforma Agrária e Lula Livre já”.

“Só no ano de 2017, foram mais de 65 mortes de camponeses. Não temos dúvidas que esse recorde de mortes é causado devido à impunidade, fortalecida com o golpe de 2016”, destaca Baratto.

Assessoria de Imprensa

Foto: Portal Vermelho

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara aprova fim da Lei de Segurança Nacional e criminaliza ataques ao Estado Democrático de Direito

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei (PL 6764/02), que revoga a Lei de Seguranç…