Home Portal Notícias Lula pelo Brasil Universidade criada por Lula e Dilma mudou a realidade de SC

Universidade criada por Lula e Dilma mudou a realidade de SC

5 min read
0

Lula nasceu no sertão semiárido de Pernambuco, filho de lavradores, e, ainda criança, seguiu a sina de outros meninos que fugiram da seca e migraram para São Paulo em busca de oportunidades. Talvez por ter a percepção de quanto é difícil seguir nos estudos quando se nasce pobre, o ex-metalúrgico foi o presidente que mais criou universidades e institutos federais na história do Brasil. Em Santa Catarina foi criada a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), com sede em Chapecó, e outras 29 escolas técnicas federais nos governos petistas.

A Caravana Lula pelo Brasil passou por quatro cidades catarinenses nos dias 24 e 25 e pôde ver o legado do seu governo na região, especialmente na juventude que passou a ter acesso ao ensino superior público. De acordo com o professor universitário e deputado federal Pedro Uczai (PT-SC), antes do governo Lula, Santa Catarina contava apenas com uma universidade federal, A UFSC, em Florianópolis. “Os filhos de pequenos agricultores e trabalhadores do interior do estado não tinham recursos para morar e estudar na capital,” explicou o parlamentar.

Mas a partir de 2003, com Lula, isso mudou. “Em Chapecó, Lula criou a Universidade Federal da Fronteira do Sul e também e o Instituto Federal de Santa Catarina. Nós temos que ter orgulho dos governos Lula e Dilma, a universidade e os institutos federais são o maior legado, coisa que nunca havia acontecido, pois a universidade sempre foi um privilégio das elites,” resumiu o parlamentar.

Além de expansão da rede federal, que levou a universidade e as escolas técnicas para o interior do Estado, abrindo as portas do ensino superior para a juventude, com Lula e Dilma mais de 68 mil bolsas do ProUni foram distribuídas e foram feitas 394 mil matrículas pelo Pronatec. Só em Chapecó, os programas da área de educação de Lula geraram um aumento de matrículas no ensino superior de 6 mil alunos para 17 mil entre 2003 e 2014.

Em discurso emocionante em Chapecó, Lula explica a razão de tanto ódio das elites. “Eles não se conformam que nós conseguimos colocar a filha de um agricultor na universidade para fazer medicina, enfermagem, direito. Hoje, o filho da empregada doméstica também pode ser doutor, e isso eles não aceitam,” conclui Lula.

Em relação aos programas sociais, mais de 124 mil famílias do estado passaram a receber o Bolsa Família, beneficiando 498 mil pessoas. O Luz para Todos possibilitou a 41.795 mil famílias catarinenses o acesso ao direto básico a energia elétrica. Também foram entregues 129 mil moradias do Minha Casa, Minha Vida com investimentos da ordem de R$ 13,7 bilhões.

“Aqui em Santa Catarina fizemos uma grande festa democrática. Uma massa de gente recebeu e acolheu o Presidente Lula para agradecer tudo o que ele fez para o povo brasileiro e catarinense. Tive o privilégio de coordenar a Caravana no Oeste catarinense e foram grandes atos democráticos com mobilização, resistência e coragem da nossa militância e também do Presidente Lula,” avaliou Uczai.

Assessoria Parlamentar

Foto: Divulgação/Site Pedro Uczai

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Pimenta denuncia impunidade de Queiroz e faz desafio à família Bolsonaro

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), sugeriu hoje que o dia 4 de dezembro seja dec…