Home Portal Notícias Lula pelo Brasil Expansão do ensino técnico e superior é tema de caravana de Lula em Santa Maria

Expansão do ensino técnico e superior é tema de caravana de Lula em Santa Maria

5 min read
0

A caravana Lula pelo Brasil chega nesta terça-feira (20) a Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, cidade com 280 mil habitantes e distante cerca de 300 quilômetros da capital gaúcha. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será recebido na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em reunião com reitores e diretores de diversas instituições. A universidade, uma das mais tradicionais da região, tem 29 mil alunos, 267 cursos e dois mil docentes, e passou por um processo de expansão, a partir de 2005, com três novos campi em municípios ao norte do estado.

O encontro deve abordar a autonomia das universidades e as dificuldades diante do congelamento por 20 anos do orçamento da União. Os dirigentes apresentarão ao ex-presidente as demandas nas áreas de educação, saúde, ciência e tecnologia, defendendo a importância de esses temas serem incluídos nos planos de governo dos candidatos à Presidência da República.

Ao longo dos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, o Rio Grande testemunhou a expansão do ensino superior. Além da ampliação da UFSM e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Faculdade de Ciências Médicas foi transformada em Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA).

Durante o período ainda foi a Universidade Federal do Pampa (Unipampa), com campi em 10 cidades gaúchas: Alegrete, Bagé, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Itaqui, Jaguarão, Santana do Livramento, São Borja, São Gabriel e Uruguaiana.

Foram ainda instalados três institutos federais no estado: o Rio Grande do Sul (IFRS), com reitoria em Bento Gonçalves; o Farroupilha (IFF), com reitoria em Santa Maria; e o Sul-Riograndense (IFSul), com reitoria em Pelotas. Vinculados a estes institutos estão 23 unidades de educação profissionalizante espalhadas pelo estado.

Em 2009, foi criada também a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), com campi nos três estados da região.

Além da expansão das universidades e institutos federais, os governos de Lula e Dilma efetuaram 536 mil matrículas pelo Pronatec, concederam 182 mil bolsas pelo ProUni e celebraram 103 mil contratos pelo Fies, segundo os organizadores da caravana.

A agenda do dia será encerrada com ato público no bairro Nova Santa Marta, fundado em 2006 e fruto de uma ocupação iniciada em 1991. Com 1.126 hectares, a propriedade é hoje um bairro da cidade de Santa Maria, depois de ter sido desapropriada em 1979, com grande parte da terra sendo utilizada pelo governo do estado. Na ocasião, cerca de 300 hectares permaneceram sem uso por mais de uma década, quando teve início a ocupação.

Amanhã (21), a caravana segue para São Borja, 300 quilômetros a noroeste de Santa Maria, junto à fronteira com a Argentina. A cidade tem sua história associada aos principais nomes do trabalhismo brasileiro, abriga os museus de Getúlio Vargas e João Goulart, e é também onde estão sepultados os dois ex-presidentes.

 

Rede Brasil Atual

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Projeto susta ato do Executivo que reclassifica nível de toxicidade de agrotóxicos

O Projeto de Decreto Legislativo 616/19 pretende tornar sem efeito o ato do Ministério da …