Home Portal Notícias Frente Parlamentar em Defesa da Casa da Moeda do Brasil será lançada nesta quarta

Frente Parlamentar em Defesa da Casa da Moeda do Brasil será lançada nesta quarta

4 min read
0

Sob a ameaça de privatização de mais uma estatal, deputados federais criam Frente Parlamentar Mista em Defesa da Casa da Moeda do Brasil, que já conta com o apoio de 222 parlamentares. O lançamento está marcado para esta quarta-feira (7), às 14h30, no Plenário 3 do Anexo II da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Com o objetivo de evitar que mais um patrimônio do povo brasileiro seja privatizado, a ideia é trabalhar pela valorização da estatal. A Frente é presidida pelo deputado federal Celso Pansera (PT-RJ). Os deputados Luiz Sérgio (PT-RJ), Deley (PTB-RJ), Glauber Braga (PSOL-RJ) e Wilson Bezerra (MDB-RJ) também compõem a mesa diretora do colegiado.

“A criação da frente é um avanço importante em defesa da Soberania Nacional. O órgão que fabrica a nossa moeda precisa ser valorizado, mas jamais entregue nas mãos da iniciativa privada. O governo, além de comprar papel-moeda do exterior, ameaça a centenária indústria com a privatização. No que depender da nossa luta, a Casa da Moeda é e sempre será patrimônio do povo brasileiro”, ressalta Pansera.

O presidente do Sindicato Nacional dos Moedeiros, Aluízio Junior, faz coro à fala. Para ele, a ameaça de privatização da Casa da Moeda é o prenúncio de um ataque maior, na tentativa de subordinar a economia do País aos interesses de bancos privados.

“A Casa da Moeda é uma empresa pública que, além de gerar recursos que são investidos no País, ajuda a garantir nossa soberania monetária. O ataque à nossa capacidade de produção do meio circulante, nossa moeda, que intermedeia todas as transações comerciais em nosso país, é um erro estratégico que poderá abortar o futuro do nosso País como potência mundial”, ressalta Junior.

Criada com base no requerimento de nº 7.957/2017, a frente – que tem a assinatura de 208 deputados e 14 senadores – pretende estimular a participação da sociedade no debate sobre uma possível privatização bem como os impactos que a ação traria à soberania nacional.

No Estatuto está pautada a modernização dos processos de gestão técnica-operacional e administrativa da Casa da Moeda, melhorando suas práticas de Gestão e Governança Corporativa. Além disso, o regimento prevê também o aperfeiçoamento da legislação e da regulação setorial, por meio do Congresso Nacional.

SERVIÇO

Data de lançamento: 7 de março de 2018

Horário: 14h30

Local: Plenário 3 do Anexo II da Câmara dos Deputados, Brasília – DF

(Assessoria Parlamentar)

Foto: Reprodução Google Maps

Foto: divulgação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Petistas representam contra presidente da Fundação Palmares por ofensas ao movimento negro e às religiões de matriz africana

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), as deputadas Benedita da Silva (PT-RJ) e Erika K…