Home Portal Notícias Manchetes Núcleo de mulheres do PT solidariza-se com grevistas contra reforma

Núcleo de mulheres do PT solidariza-se com grevistas contra reforma

4 min read
0

O Núcleo de Deputadas do PT na Câmara divulgou nota de solidariedade aos representantes de movimentos sociais em greve de fome desde o último dia 5 contra a reforma da Previdência. Em nota divulgada nesta quarta-feira (13), as deputadas Ana Perugini (PT-SP); Benedita da Silva (PT-RJ); Erika Kokay (PT-DF); Luizianne Lins (PT-CE); Margarida Salomão (PT-MG) e Maria do Rosário (PT-RS) dirigem-se especialmente às companheiras Josi, Leila, Rosa, Rosângela e Simoneide, que integram o grupo grevista, para lhes dizer que, nesse momento, elas representam a memória e a esperança de todas as mulheres desse país.

“Sentimos que o sacrifício físico e psicológico que assumiram, em nome de todas nós, é duro e pesado e por isso nos comprometemos a permanecer em vigília, apoiando sua ação de protesto, dando visibilidade à resistência contra a retirada de direitos, denunciando e votando contra a proposta do Governo”, diz o texto.

Leia a íntegra:

O Núcleo de Deputadas do PT na Câmara Federal vem a público externar sua solidariedade às companheiras e companheiros, representantes de movimentos sociais do campo e da cidade, que desde o último dia 5 estão em greve de fome contra a Reforma da Previdência, proposta pelo Governo ilegítimo de Michel Temer.

Dirigimo-nos especialmente às companheiras Josi, Leila, Rosa, Rosângela e Simoneide, que integram o grupo grevista na Câmara Federal, para lhes dizer que, nesse momento, elas representam a memória e a esperança de todas as mulheres desse país, que sabem que os direitos conquistados até aqui são fruto de muita luta e só pela luta serão mantidos.

Os critérios diferenciados de contribuição e idade mínima para a aposentadoria rural e para a aposentadoria das mulheres visam corrigir desigualdades históricas e não permitiremos que sejam equiparados ou reduzidos para sustentar a manutenção de privilégios de uma minoria, que sequer será atingida pela reforma.

Sentimos que o sacrifício físico e psicológico que assumiram, em nome de todas nós, é duro e pesado e por isso nos comprometemos a permanecer em vigília, apoiando sua ação de protesto, dando visibilidade à resistência contra a retirada de direitos, denunciando e votando CONTRA a proposta do Governo.

Que a força de Dandara, Laudelina e Margarida esteja com vocês!

Brasília, 13 de dezembro de 2017

Ana Perugini (PT-SP)

Benedita da Silva (PT-RJ)

Érika Kokay (PT-DF)

Luizianne Lins (PT-CE)

Margarida Salomão (PT-MG)

Maria do Rosário (PT-RS)”

 

AP com PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Parlamentares do PT comemoram anulação da condenação de Lula e a restituição de seus direitos políticos

Parlamentares da Bancada do PT afirmaram que a decisão do ministro Edson Fachin, do Suprem…