Home Portal Notícias Manchetes Agricultura familiar conquista renegociação de dívidas

Agricultura familiar conquista renegociação de dívidas

4 min read
0

Após uma ampla negociação articulada pelo deputado Afonso Florence (PT-BA), o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (6) a prorrogação da Lei 13.340/16, que autoriza a renegociação de dívidas da agricultura familiar, da reforma agrária para o Nordeste. Além disso, foi aprovada a nacionalização desta lei e a inclusão de muitos outros itens da agricultura familiar que não estavam contemplados.

Os destaques apresentados ao texto principal serão votados na próxima sessão, quando a Bancada do PT tentará impedir a anistia e a redução de alíquotas do agronegócio com a Previdência Social. A articulação feita por Afonso Florence, além de prorrogar a vigência e ampliar a cobertura de Lei 13340/16, inclui a renegociação das agroindústrias com (DAP), CPR da Conab, do PAA, de ribeirinhos do lago de Sobradinho e dívidas do Desenbahia.

“Conseguimos aprovar a prorrogação da Lei 13.340, sua nacionalização e a renegociação das dívidas da agricultura familiar e da reforma agrária, após construir um acordo com a deputada Tereza Cristina (sem partido), relatora do PL, para que fosse incluído ao projeto a renegociação de todas as dívidas da agricultura familiar e para que fosse firmado o compromisso da Frente Parlamentar da Agropecuária de votar contra qualquer retirada de direitos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais na Reforma da Previdência”, afirmou Afonso Florence.

A votação foi muito boa para agricultura familiar e reforma agrária porque Florence e deputados de oposição votaram contra o texto principal que anistia dívidas e a contribuição previdenciária do agronegócio.  “A base do governo e os ruralistas tiveram que votar a favor da agricultura familiar e, se comprometer com a sanção presidencial e, na hipótese do veto com sua derrubada. Eles [a base do governo e os ruralistas] assumiram o compromisso de votar contra qualquer retirada de direitos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais na reforma, porque a despeito do governo Temer dizer que não há retirada de direitos, há sim, e nós não vamos permitir isso”, disse Florence

Assessoria Parlamentar

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Solla cobra da Anvisa retorno de fiscalização em aeroportos

Membro da comissão externa da Câmara de Deputados formada para acompanhar a crise do coron…