Home Portal Notícias Bancada Feminina escolherá vencedoras da Medalha Mietta Santiago

Bancada Feminina escolherá vencedoras da Medalha Mietta Santiago

7 min read
0

Está agendada para a próxima terça-feira (5), reunião da bancada feminina da Câmara dos Deputados, que escolherá, entre as 15 inscrições homologadas pela Consultoria Legislativa, quem receberá as cinco medalhas da Edição 2018.  A Medalha Mietta Santiago é concedida pela Secretaria da Mulher da Câmara e destinada a agraciar pessoas, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civis ou militares, nacionais ou estrangeiros, por iniciativas relevantes à nação brasileira, relacionas aos direitos das mulheres.

De acordo com o Ato da Mesa n° 158/2017, que regulamenta a outorga da Medalha, serão concedidas anualmente cinco medalhas, a serem entregues em Sessão Solene por ocasião do Dia Internacional da Mulher, no mês de março.

A outorga ocorre em quatro níveis – platina, ouro, prata e bronze, e as candidatas devem comprovar atuação destacada em pelo menos uma das 17 áreas temáticas elencadas pelo regulamento, que incluem economia, direitos humanos e cidadania, educação, juventude, igualdade racial e segurança pública, dentre outros.

Conheça as seis candidatas indicadas pelo Núcleo de Deputadas do PT:

Maria da Conceição Tavares: Considerada uma das economistas de maior influência sobre o pensamento econômico brasileiro, é autora de várias obras sobre o tema. Foi deputada federal e integrou a Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL/ONU). É professora titular da UNICAMP e professora emérita da UFRJ. Indicada por todas as deputadas do PT e pelo Líder Carlos Zarattini (PT-SP), concorre na categoria ouro, que premiará mulheres com atuação relevante de abrangência nacional.

Joyce da Silva Fernandes – a Preta-Rara: Rapper, turbanista, professora de história, modelo Plus Size e influenciadora digital com atuação destacada na militância em movimentos negros, feministas e contra intolerâncias. Indicada pela deputada Ana Perugini (PT-SP), concorre na categoria ouro.

Dolores Aronovich Aguero – a Lola: Professora e pedagoga argentina, naturalizada brasileira, criou seu blog em 2008, espaço onde publica textos de sua autoria e de convidadas (os). O blog tem atualizações diárias com mais de 4.400 posts, 270 mil comentários publicados e 300 mil visualizações por mês, o que a transformou em uma das reverências do movimento feminista e, possivelmente, autora do maior blog da temática no Brasil. Indicada pela deputada Luizianne Lins (PT-CE),  concorre na categoria ouro.

Gabriela Barreto Lemos: Jovem cientista, fez estágio de pós-doutorado no Instituto de Óptica Quântica de Viena, na Áustria, e atualmente é pós-doutoranda em informação quântica (física teórica) no International Institute of Physics. Seu trabalho científico tem merecido destaque na mídia nacional e na comunidade científica internacional em função dos resultados de uma pesquisa inovadora, que permite a captação de fotografias através da reprodução de pequenos feixes de partículas, possibilitando a construção de uma imagem que não é visível a olho nu – a fotografia quântica. Indicada pela deputada Margarida Salomão (PT-MG), concorre na categoria ouro.

Gina Vieira Pontes: Professora da Secretaria de Educação do Distrito Federal desde 1991, Gina Vieira Ponte destacou-se pela idealização e execução do Projeto Mulheres Inspiradoras, no qual discute com os alunos (as) o papel da mulher na sociedade, valorizando a figura feminina por meio da leitura de obras de autoria feminina, estudo da biografia de grandes mulheres e dinâmicas com mulheres inspiradoras das comunidades dos alunos. Indicada pela deputada Erika Kokay (PT-DF), concorre na categoria prata, destinada a agraciar mulheres com atuação relevante de abrangência estadual.

Sandra  Terezinha Silva Tarragô: Projeto “Samba se aprende na Escola”, que tem como objetivo disseminar a cultura popular do carnaval no âmbito da comunidade escolar de Porto Alegre, por meio de oficinas, palestras e apresentações, relacionadas à cultura carnavalesca.O projeto tem como foco atividades direcionadas à inclusão social de mulheres e crianças, ao aprofundamento dos laços familiares e ao fornecimento de suporte profissional adequado em caso de necessidade desses grupos. Indicada pela deputada Maria do Rosário (PT-RS), concorre na categoria bronze, concedida a mulheres com atuação relevante de abrangência municipal.

(AP)

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Sem provas, Lava Jato ataca defesa de Lula em novo espetáculo midiático

Em um novo festival de ilações e acusações sem provas, a operação Lava Jato protagonizou n…