Home Portal Notícias Direção do PT e parlamentares repudiam artigo da IstoÉ

Direção do PT e parlamentares repudiam artigo da IstoÉ

5 min read
Comentários desativados em Direção do PT e parlamentares repudiam artigo da IstoÉ
0
216

A Executiva Nacional do PT e vários parlamentares das bancadas do PT na Câmara e no Senado, reagiram com indignação ao artigo publicado na revista Isto É, nesta semana, com o título “Lula deve morrer”. Em nota oficial, a Executiva do PT diz que ao publicar o artigo a revista “ultrapassou todos os limites da venalidade e do jornalismo marrom que pratica”.

A Executiva Nacional afirma, na nota assinada pela presidenta do partido, senadora Glesi Hoffmann (PT-PR), que a justiça será acionada contra o medíocre autor do artigo e contra a revista que lhe deu guarida no ato criminoso.

“A revista IstoÉ ultrapassou todos os limites da venalidade e do jornalismo marrom que pratica, ao publicar, esta semana, artigo intitulado “ Lula deve morrer”. O conteúdo do artigo é mais do mesmo lixo propagandístico contra o ex-presidente Lula – calunioso, mentiroso e difamatório – que esta revista habitualmente publica. O título, porém, é tipicamente uma incitação ao crime, conforme previsto no artigo 286 do Código Penal Brasileiro. A Justiça será acionada para medidas cabíveis contra o medíocre autor do artigo e contra a revista que lhe deu guarida no ato criminoso. Este episódio demonstra até que ponto setores da direita e das elites estão dispostos a chegar para impedir o retorno de Lula à presidência da República pelo voto do povo brasileiro”, diz a nota.

Pelo Twitter, os parlamentares afirmaram que o texto do jornalista Mário Vitor Rodrigues é “discurso de ódio e incitação à violência”.

“Cabe responsabilização ao autor e à revista. É o que vamos buscar. A que ponto chega o desespero dessa gente? ”, disse no Twiter o Líder do PT no Senado, senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

“No dia em que entra em vigor a reforma trabalhista de Temer, a IstoÉ publica um artigo chamado “Lula deve morrer”. Não poderia ser mais simbólico – nem mais abjeto”, disse a deputada Erika Kokay (PT-DF).

“Coluna criminosa. Não, isso não é normalidade democrática. Pedir a morte do principal líder político e popular desse país? Um texto pretensamente irônico que acende, no mínimo, um sinal de alerta”, afirmou o deputado Helder Salomão (PT-ES).

“Se algo acontecer ao Presidente Lula este colunista será responsabilizado. Incitação à violência é crime. A direita espalha o ódio”, enfatizou a deputada Margarida Salomão (PT-MG).

“É absurdo encontrar esse tipo de publicação incitando o ódio e desejando a morte de alguém. Estamos em tempos sombrios, mas não podemos deixar a esperança de dias melhores de lado! #IstoECrime”, afirmou o deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

“O Lula é quem precisa pedir proteção policial depois da ameaça de morte feita pelo jornalista Mario Vitor Rodrigues da revista Isto É!”, destacou o deputado Reginaldo Lopes (PT-MG). “É mais uma ofensiva contra Lula, a grande mídia dessa vez propaga o ódio e incita o crime, isto é crime! Essa revista perdeu toda a credibilidade e dignidade que restava ao autorizar a publicação dessa coluna no site. Isto não é jornalismo”, finalizou.

 

PT na Câmara

Carregar mais notícias
Carregar mais por Assessoria
Carregar mais em Notícias
Comments are closed.

Vejam também

Dia da Consciência Negra tem manifestações contra a desigualdade, violência e preconceito

A imensa desigualdade, além do racismo, preconceito e a violência sofrida pela população n…