Home Portal Notícias João Daniel defende controle público das empresas de saneamento

João Daniel defende controle público das empresas de saneamento

4 min read
0

O deputado João Daniel (PT-SE) participou, nesta segunda-feira (25), do Seminário Regional que debateu a Universalização do Saneamento Básico com Qualidade e Controle Social, na Assembleia Legislativa do Piauí. O parlamentar representou a Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) da Câmara, que é a terceira etapa dos seminários regionais que acontecem em todo país, com o objetivo de discutir soluções para os problemas relacionados ao saneamento básico e construir um movimento em defesa da não privatização das empresas prestadoras de serviço de água e esgoto. A iniciativa desse seminário foi do deputado Givaldo Vieira (PT-ES), atendendo pedido da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e da Frente Nacional de Saneamento Ambiental (FNSA).

Na ocasião também foi lançado o Fórum Alternativo Mundial da Água (Fama) naquele estado. O Fórum será realizado em março do próximo ano, em Brasília, como contraponto ao 8º Fórum Mundial da Água, também realizado no mesmo mês, bancado pelo governo federal e as grandes corporações internacionais interessadas na privatização. Durante o Fama, será realizada uma série de atividades de mobilização e conscientização, com o objetivo de tratar o tema na perspectiva da água como um direito e não mercadoria.

Coordenando a mesa do seminário, o deputado João Daniel defendeu a necessidade de se aprofundar e debater esse tema que é um dos principais temas estratégicos para o Brasil e a soberania nacional. O parlamentar voltou a apoiar a necessidade da manutenção do controle público das empresas responsáveis pelo serviço de saneamento. Ele acrescentou que sua ida ao Piauí teve como objetivo apoiar e ajudar na mobilização em defesa do patrimônio público, pela não privatização e defesa da soberania nacional.

“Estamos ajudando a articular comitês e mobilizações em defesa da não privatização das empresas, em defesa da nossa riqueza nacional estratégica. Por trás da privatização das empresas de saneamento está a água, depois vem a privatização da terra, dos nossos minérios, o petróleo já foi. O que temos vivendo é um momento de desconstrução do país, com a entrega do nosso patrimônio”, observou o parlamentar.

(AP)

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Enem: PT entra com ação popular contra Weintraub para garantir direitos de estudantes

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), e os deputados Enio Verri (PT-PR) e Paulo Tei…