Home Portal Notícias Petistas denunciam assassinatos de trabalhadores rurais e quilombolas

Petistas denunciam assassinatos de trabalhadores rurais e quilombolas

3 min read
0

Os deputados João Daniel (PT-SE) e Jorge Solla (PT-BA) exigiram, durante pronunciamento no plenário da Câmara, nesta terça-feira (19), apuração rigorosa dos recentes assassinatos de dois trabalhadores rurais no Pará e de uma liderança quilombola na Bahia. Segundo eles, os fatos demonstram a escalada da violência contra lideranças desse setor da sociedade, incentivada pela falta de ação do governo Temer.

O parlamentar de Sergipe lamentou o assassinato de Eraldo Moreira Luz (conhecido como Pirata) e de Jorge Matias da Silva. Os dois foram executados a tiros e viviam no Assentamento Boa Esperança, na região de Marabá. Já o parlamentar baiano, lamentou o assassinato do líder quilombola Flávio Gabriel Pacífico dos Santos, o Binho do Quilombo.

“A questão dos conflitos rurais, no momento em que o Governo Federal toma como medida destituir a Ouvidoria Agrária Nacional, ligada à Presidência da República, ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, também destituído, em que o INCRA está praticamente sem funcionar, sem nenhuma estrutura, faz parte de toda esta situação que só aumenta a violência no campo”, destacou João Daniel.

Estudos da Justiça Global e da CPT dão conta de que mais de 600 trabalhadores rurais já foram assassinados a mando de fazendeiros, naquela região, mas não há um único preso por conta desses crimes.

Sobre o assassinato do líder quilombola na Bahia, Solla classificou o fato como “crime político” com o objetivo de “calar a voz e interromper a sua atuação (de Binho do Quilombo) em defesa dos territórios quilombolas”.

Foto: Gustavo Bezerra

“Isso não acontece por acaso, não. O retrocesso das políticas nacionais de garantias a direitos das comunidades remanescentes de quilombos, consequência do golpe de Estado que se deu neste País, tem relação direta com o recrudescimento da violência contra as populações mais excluídas de nosso País”, denunciou Jorge Solla.

 

Héber Carvalho

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líder do PT requer informações de Paulo Guedes sobre cessão de carteira de crédito de R$ 2,9 bi do BB para o BTG Pactual

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), protocolou hoje (15) requerimento de informações…