Home Portal Notícias Brasil retrocede 50 anos com Temer no poder

Brasil retrocede 50 anos com Temer no poder

3 min read
0

O líder da Minoria no Congresso, deputado Décio Lima (PT-SC), afirmou durante pronunciamento no plenário da Câmara, nesta terça-feira (19), que “o Brasil retrocede 50 anos por dia desde que o presidente ilegítimo (Michel Temer) chegou ao poder por meio do golpe parlamentar”. Segundo ele, o brasileiro pode observar a escalada do retrocesso ao acompanhar as notícias divulgadas pela imprensa.

“O brasileiro acorda pela manhã e lê a notícia de que um general do exército ameaça um golpe militar. Liga a TV e no noticiário milhares de índios são assassinados e a Amazônia está sendo vendida. Pega o carro para ir trabalhar e escuta no rádio que depois de 30 anos proibido pelo Conselho Nacional de Psicologia, a homossexualidade volta a ser considerada doença. E ao chegar no trabalho, o portal de notícia na web nos dá conta de que exposições de artes e peças teatrais são censuradas”, destacou Décio Lima.

Em oposição ao atual momento, o líder da Minoria no Congresso lembrou que “há poucos anos o Brasil havia deixado o mapa da fome e ganhado respeito no cenário internacional”. Porém, Décio Lima lamentou que o país cogitado para ter assento como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, “voltou a ser aquele Brasil mesquinho, pequeno, suburbano, o quintal da Casa Branca”.

“Hoje o presidente ilegítimo está lá, no Estados Unidos, feito um cachorro vira-lata lambendo os sapatos de Trump. Se não bastasse destruir a democracia brasileira, agora quer destruir as democracias que sobraram na América Latina. Se vendeu e vendeu nosso povo para o mercado, para os interesses internacionais, um verdadeiro lacaio, ladrão não somente da riqueza do nosso povo, mas sobre tudo da nossa esperança”, finalizou.

 

Héber Carvalho

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Toda atuação de Moro contra Lula deve ser anulada, diz jurista

Integrante da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), a advogada Martír …