Home Portal Notícias Manchetes Zarattini questiona rito de votação estabelecido por Maia

Zarattini questiona rito de votação estabelecido por Maia

3 min read
0

O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), formulou questão de ordem nesta terça-feira (1º), no plenário da Câmara, acerca do rito determinado pelo presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para a votação que deve autorizar a investigação contra o presidente ilegítimo Michel Temer por crime de corrupção passiva. Zarattini questionou especificamente o número de 342 deputados definido por Maia para iniciar o processo de votação.

“Primeiramente, destacamos que já é pacífico nesta Casa o entendimento de que as matérias que exigem quórum qualificado de aprovação nunca se iniciam com o quórum mínimo exigido para essa aprovação – sobretudo quando falamos de matérias polêmicas, que evidenciam as polarizações do Plenário”, argumentou o líder, fazendo referência aos 342 votos necessários para garantir a investigação contra Temer.

“Assim – se para aprovar uma PEC, precisamos de 308 votos favoráveis – a votação só costuma ser iniciada com mais de 400, 410 presenças no painel. Se para aprovar um PLP, precisamos de 257 votos favoráveis, a votação só se inicia após a presença no painel de mais 300, 310 deputados no painel. Essa é uma medida de prudência, de razoabilidade que reconhece que, em matérias polêmicas, iniciar uma votação, precisamente, com o quórum mínimo de aprovação, só conduzirá o plenário a um único resultado: a rejeição da matéria”, argumentou.

Carlos Zarattini argumentou que, se isso de fato acontecer, Rodrigo Maia estaria violando sua principal função, que é representar a Casa em suas decisões colegiadas. “Diante do exposto, solicito que a Presidência assegure a postura que sempre adotou em todas as votações que exigem quórum qualificado de aprovação”, insistiu. Apesar do apelo, o presidente da Casa insistiu manter o início da votação com 342 deputados presente em plenário.

PT na Câmara

 

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Zé Neto apresenta projeto que garante computador para estudantes pobres de escolas públicas durante a pandemia

O deputado Zé Neto (PT-BA) apresentou um projeto de lei na Câmara (PL 3.699/20), com a coa…