Home Portal Notícias Manchetes “Vergonha”: STF devolve mandato a Aécio

“Vergonha”: STF devolve mandato a Aécio

3 min read
0

Parlamentares do PT utilizaram as suas redes sociais nesta sexta-feira (30) para manifestar indignação com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, de devolver o mandato ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). O tucano foi afastado do Senado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, após as delação da JBS. A Procuradoria-Geral da República apontou risco de o senador usar seu poder para atrapalhar as investigações e chegou a pedir a prisão de Aécio.

“Neste dia de greve geral, em que milhares de brasileiros saem às ruas contra as propostas deste governo ilegítimo e toda sua quadrilha de golpistas, esta decisão do ministro Marco Aurélio Mello é um tapa na cara dos brasileiros, um absurdo, uma vergonha, uma aberração jurídica! Até quando vai imperar a impunidade em nosso País?”, desabafou o deputado Padre João (PT-MG), em sua conta no facebook.

A deputada Margarida Salomão‏ (PT-MG) considerou um “escárnio”, a decisão do ministro Marco Aurélio Mello. “É um escárnio. Falência moral de todos os poderes da República”, lamentou em sua conta no twitter.

Para o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) é uma “vergonha nacional” o ministro da Suprema Corte autorizar o retorno de Aécio Neves ao Senado. A mesma opinião tem o deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

E o deputado Henrique Fontana‏ (PT-RS) disse que “soa como piada de mau gosto” um ministro do STF devolver o mandato do Aécio quando nada fez para impedir o impeachment “fraudulento” contra a presidente eleita Dilma Rousseff.

Já o deputado Chico D’Angelo‏ (PT-RJ) utilizou a pior derrota da seleção brasileira para falar da decisão do ministro Marco Aurélio. “O 7 a 1 de hoje é Aécio liberado pelo STF para voltar ao Senado”.

O deputado Givaldo Vieira‏ (PT-ES) também em sua conta no twitter ironizou: “Aécio de volta ao mandato. Que rufem as panelas”. E o deputado Décio Lima‏ (PT-SC) escreveu: “Absurdo! Não há mais como tolerar estes golpistas”.

Vânia Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

João Daniel denuncia que regularização fundiária proposta por Bolsonaro acentua injustiça agrária

A preocupação com a medida provisória (MP 910/19), editada esta semana pelo governo federa…