Home Portal Notícias Amazônia entregue ao capital internacional

Amazônia entregue ao capital internacional

4 min read
0

O deputado Zé Geraldo (PT-PA) discursou em plenário, nesta semana, para avaliar a atual situação do país diante do grave quadro de crise político-institucional. O deputado lembrou que, antes de viajar para a Rússia, Michel Temer tentou dar uma de ambientalista, vetando as medidas provisórias que retiravam áreas de conservação.

“Mas é preciso dizer aqui para o povo brasileiro, para todos aqueles que defendem o desenvolvimento sustentável, que as riquezas da Amazônia estão sendo entregues de forma acelerada para o capital internacional. Do jeito que vai, daqui a 10, 12 anos, o ouro da Amazônia será levado por essas grandes empresas, junto com outros minérios valiosos”, afirmou.

Denunciou Zé Geraldo que somente na região oeste do Pará, onde se tenta encontrar um acordo para fazer regularização fundiária que garanta o direito de proprietários legítimos e a manutenção de área de conservação, mais de 10 empresas estrangeiras estão legalizando projetos de extração de ouro. A maioria dessas empresas é do Canadá, dos Estados Unidos, da Inglaterra e de outros países.

“É isso que está acontecendo na Amazônia, principalmente a partir do Governo Temer, que está antenado com os Governadores dos Estados, como no Pará, do PSDB, que não estão preocupados que a grande mineração avance e leve nossas riquezas, e que aqueles que trabalham com ouro, em Itaituba, Jacareacanga, no Trairão, em Novo Progresso, naquela região e em mais Municípios do sul do Pará, que trabalham para ganhar o pão de cada dia, possam ter um projeto de desenvolvimento que permita que essas riquezas possam ser também trabalhadas de forma sustentável por essa economia familiar, por essas microempresas”, disse.

Ainda, na avaliação do deputado Zé Geraldo, “esse é o modelo de desenvolvimento que se implanta com velocidade, na medida em que tira a Presidenta Dilma da cadeira que conquistou legitimamente. E agora há uma barganha terrível feita na política do País: o Temer disse para o PSDB: Vocês me seguram aqui e eu ajudo assegurar o Aécio Neves para não ser preso”, denunciou.

“Enquanto o Temer está para a Rússia, o nosso Presidente Rodrigo Maia assume a direção do País interinamente e o PSDB está preocupado se cassa ou não cassa Aécio Neves, o Brasil está parado, indo de marcha a ré. E esta Câmara, hoje e amanhã, com certeza, não ajudará em nada este País”, disse.

(PT na Câmara)

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Atentado contra caravana é reação da elite que vê aproximar-se a vitória de Lula

“O que aconteceu ontem (27) é reflexo do que estamos sentindo em toda a caravana. O fascis…