Home Portal Notícias Petista lamenta “triste fim” do PSDB: “assassinos de direitos sociais”

Petista lamenta “triste fim” do PSDB: “assassinos de direitos sociais”

2 min read
0

O deputado Caetano (PT-BA) ocupou a tribuna da Câmara nesta quarta-feira (14) para apontar a derrocada do PSDB. Segundo ele, o Partido da Social Democracia passou de representante do neoliberalismo do Brasil a porta-voz do capitalismo selvagem , em que  imperam a desigualdade social e o extermínio dos direitos sociais e trabalhistas contidos nas legislações.

“A Social Democracia Brasileira se atrapalhou no seu itinerário. Abraçou um programa temeroso, neoliberal e perverso, fruto de um golpe de estado, negando seu estatuto, sua história e razão de ser para atacar direitos sociais e trabalhistas duramente conquistados no Brasil, com sangue suor e lágrimas do movimento operário brasileiro”, disse.

Para o deputado, o PSDB vive hoje na condição de “partido do Temer” que, segundo ele, transformou o Brasil em “Pinguela Para o Futuro, do golpe à democracia, das parcerias estranhas e espúrias com o submundo da política, do suicídio político perante a sociedade a fim de sustentar um governo podre, corrupto, investigado e desmoralizado no Brasil e no exterior”.

Lembrou o parlamentar que após quatro derrotas presidenciais, o Brasil depara com um partido “desfigurado, envolvido em graves escândalos, seu presidente (Aécio Neves) afastado do mandato de senador e na iminência de uma prisão”.

“Esse é o triste fim dos neoliberais assassinos de direitos sociais, que passarão à história como um aglomerado de senhores feudais que um dia se autointitularam sociais democratas do Brasil”, sentenciou Caetano.

Benildes Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Outubro Rosa: Deputadas apoiam campanha contra câncer de mama

A Câmara dos Deputados realizou sessão solene nesta quinta-feira (5) em homenagem à Campan…