Home Portal Notícias Outras notícias Vicentinho defende renúncia de Temer e convoca militância para as ruas

Vicentinho defende renúncia de Temer e convoca militância para as ruas

0

O deputado Vicentinho (PT-SP) discursou na tribuna da Câmara dos Deputados, na última quinta-feira (18), para defender as eleições diretas e pedir a renúncia do presidente golpista Michel Temer. Ele afirmou que não aceitará um novo golpe com eleições indiretas. “A Câmara e o Senado estão contaminados, parlamentares golpistas estão assumindo mandatos e não será diferente até o final desse mandato”, reforçou.  O ideal, segundo Vicentinho, é que seja garantido o direito democrático de escolha do povo brasileiro, sem manobras jurídicas.

Vicentinho acrescentou que é uma vergonha, sobretudo para muitos deputados da base do governo, essa situação do presidente golpista que além da sua cassação ou renúncia, terá que se submeter aos ditames da lei. “Espero que a justiça seja feita como o povo brasileiro deseja, com transparência e sem seletividade”, enfatizou.

Na avaliação do deputado, somente o povo tem a soberania de escolher o novo nome para presidir esse País, por esse motivo devemos insistir nas eleições diretas. “Ocorre que segundo a Constituição, quem for substituir o presidente e o vice será eleito pelo Congresso, e não pelo povo. Trata-se de uma eleição indireta. Por isso, precisamos aprovar uma PEC e garantir que a escolha se dê por eleições diretas,” explicou.

Mobilização – Vicentinho aproveitou para convocar a militância para as ruas, “É fundamental todos os segmentos da sociedade se posicionem as centrais sindicais, donas de casa, trabalhadores do campo e da cidade. Vamos lutar por eleições diretas e contra a retirada dos direitos dos trabalhadores, nenhum direito a menos e fora Temer”, concluiu.

 

Layla Andrade (estagiária)

Leia mais artigos relacionados
Load More By Assessoria
Load More In Outras notícias
Comentários estão fechados

Leia Também

Trabalhador vai pagar a conta do “rombo fiscal” de Temer

Deputados da Bancada do PT repudiaram nesta quarta-feira (16) o aumento do déficit fiscal …