Home Portal Notícias Maria do Rosário protesta contra ato de racismo em prisão de jovem negro

Maria do Rosário protesta contra ato de racismo em prisão de jovem negro

3 min read
0

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) manifestou solidariedade ao jovem Rafael Braga, único preso das manifestações de junho em razão de porte de produto de limpeza lacrado (Pinho Sol), condenado pelo juiz Ricardo Coronha Pinheiro a 11 anos e três meses de prisão, além do pagamento de R$ 1.687. “A prisão de Rafael Braga por carregar produtos de limpeza foi a única que não foi revogada, e ele não pôde recorrer em liberdade, como outros puderam. Rafael Braga é um jovem negro. Os movimentos negros no Brasil indicam que esse é um caso de racismo. Por isso, eu me posiciono ao lado da sua defesa para que ele tenha direito pleno de defesa e para que o racismo não permaneça no Brasil”, afirmou.

Na avaliação da parlamentar petista, a condenação de Rafael Braga é injusta. “Rafael é um jovem negro que foi preso em 2013, nas manifestações, por carregar consigo produtos de limpeza lacrados. Outras pessoas foram presas durante aquelas manifestações e nós muitas vezes denunciamos o abuso de autoridade. Nunca nos posicionamos favoráveis a que manifestações fossem tratadas como momentos de enfrentamento de um lado ou de outro mas, sem dúvida, o Estado brasileiro tem responsabilidade e não deve agir com violência”, disse.

“Nós ainda não superamos as marcas de uma escravidão mas, pior, é pensarmos e repetirmos que vivemos uma democracia racial. Não! Nós não vivemos uma democracia racial! Nós vivemos uma democracia parcial quando nos deparamos com atos vis como esses contra pessoas simplesmente por elas serem negras e negros”, reiterou Maria do Rosário.

Gizele Benitz

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Outubro Rosa: Deputadas apoiam campanha contra câncer de mama

A Câmara dos Deputados realizou sessão solene nesta quinta-feira (5) em homenagem à Campan…