Os deputados Jorge Solla (PT-BA) e Pepe Vargas (PT-RS) reiteraram, em pronunciamento no plenário, que a greve geral marcada para o próximo dia 28 de abril vai “atropelar” os golpistas. “A reação à retirada de direitos está aí. A greve geral vai mostrar a força da população trabalhadora”, disse Jorge Solla.

Para o petista, há grande preocupação com a situação que o Brasil vive. “Destruíram a economia deste País durante 2 anos com o objetivo de tirar uma Presidenta honesta para assumir uma quadrilha de corruptos. E não se dão por satisfeitos. O sonho de consumo desses senhores é achatar a força de trabalho do brasileiro para valorizar o golpe, para pagar a conta com os empresários. Para isso vão destruir a Previdência pública para valorizar a Previdência privada e vão achatar a força de trabalho e destruir os direitos dos trabalhadores”, disse Jorge Solla.

O deputado Pepe Vargas alertou que a população precisa se mobilizar contra as propostas do governo ilegítimo de Temer como as reformas Trabalhista e Previdenciária que retiram direitos dos trabalhadores. “Duas propostas que vão aumentar a exploração do capital sobre o trabalho, o que, aliás, era um dos objetivos do golpe que aconteceu no País. O argumento de tirar a Presidenta Dilma Rousseff porque a popularidade dela estava baixa, se fosse válido, também teria que tirar o Presidente Michel Temer, um Governo ilegítimo que quer impor ao povo brasileiro uma brutal retirada de direitos. É greve geral dia 28!”, destacou o petista.

Gizele Benitz

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Outubro Rosa: Deputadas apoiam campanha contra câncer de mama

A Câmara dos Deputados realizou sessão solene nesta quinta-feira (5) em homenagem à Campan…